X
banner

Retrospectiva Março/Abril - Brasil dá 1º passo. Federer, Nadal e Djoko brilham

Quinta, 20 de dezembro 2012 às 13:25:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Daniel Lacerda - O segundo bimestre do ano marcou o primeiro passo do Brasil em sua volta ao Grupo Mundial da Copa Davis. Diante de uma inflamada torcida em Rio Preto, o Brasil despachou a Colômbia e se classificou para a repescagem. Ainda no período, Federer, Djokovic e Nadal conquistaram um Masters 1000 cada um.

No mês de março, o torneio de Indian Wells confirmou o ótimo início de ano de Roger Federer e Victoria Azarenka. O suíço, que vinha dos títulos em Roterdã e Dubai, conquistou seu terceiro título em sequência. Durante sua campanha, o tenista passou por Thomaz Bellucci nas oitavas de final, em uma grande atuação do brasileiro. O jogo teve parciais de 3/6 6/3 e 6/4 para Federer. Nas quartas, ele superou Juan Martin Del Potro por 6/3 e 6/2.

Na semifinal, Roger fez o sempre aguardado clássico diante de Rafael Nadal. Com autoridade, o suíço fez 6/3 e 6/4 e foi à final do torneio. Na outra semi, Novak Djokovic não confirmou seu favoritismo e caiu diante do azarão John Isner. A final entre Federer e Isner teve boa vitória do suíço por 7/6 (9/7) e 6/3.

Na chave feminina, Azarenka manteve sua invencibilidade na temporada com uma campanha de gala em Indian Wells. Nas quartas, a bielorrussa atropelou Agnieszka Radwanska por 6/0 e 6/2, na semi a vítima foi a alemã Angelique Kerber por 6/4 e 6/3 e na decisão sobrou para Maria Sharapova, que foi derrotada por 6/2 e 6/3.

Em Miami, mudaram os campeões nas chaves masculinas e femininas. Entre os homens, Novak Djokovic brilhou e conquistou o título sem perder nenhum set. Nas quartas, ele derrotou David Ferrer por 6/2 e 7/6. Na semi, a vítima foi Juan Monaco, que perdeu para o sérvio por 6/0 e 7/6. Na final, ele enfrentou Andy Murray, que derrotou Rafael Nadal na semi por W.O.

Djoko passou pelo britânico com vitória firme por 6/1 e 7/6 e defendeu com sucesso o título da competição, que já havia conquistado em 2011. Ainda em Miami, Federer caiu na 3ª rodada ao perder para Andy Roddick, Thomaz Bellucci se despediu na estreia com derrota para o português Frederico Gil e Fernando Gonzalez se aposentou do tênis com derrota para o francês Nicolas Mahut.

Na chave feminina, Azarenka perdeu a invencibilidade da temporada nas quartas de final, ao ser derrotada por Marion Bartoli. Serena Williams caiu na mesma fase, ao ser derrotada por Caroline Wozniacki, e a final foi disputada por Agnieszka Radwanska e Maria Sharapova, com vitória da polonesa por 7/5 e 6/4.

Já o mês de abril foi importantíssimo para o tênis brasileiro. Em São José do Rio Preto, o Brasil recebeu a perigosa Colômbia e conseguiu grande vitória, com atuação destacada de Thomaz Bellucci. No primeiro jogo do duelo, Santiago Giraldo derrotou João Souza, o Feijão, por 6/3, 6/4 e 6/4. Na segunda partida, Bellucci saiu perdendo por 2 sets a 0, mas virou no embalo da torcida e derrotou Alejandro Falla por 2/6 3/6 6/1 6/4 e 6/3.

Nas duplas, Marcelo Melo e Bruno Soares foram perfeitos e venceram Juan Sebastian Cabal e Robert Farah por 6/3 6/4 e 6/2. No último dia, para fechar o confronto, Bellucci arrasou Santiago Giraldo e fez 3 sets a 0, com parciais de 6/2 7/6 6/2. O Brasil ainda fez 4 a 1 com a vitória de Feijão sobre Farah.

Nos confrontos das quartas do Grupo Mundial, a Espanha fez 4 a 1 na Áustria, os Estados Unidos fizeram 3 a 2 na França, a República Tcheca fez 4 a 1 na Sérvia e a Argentina passou pela Croácia, também por 4 a 1.

O mês de abril marcou o começo da temporada de saibro, com o Masters de Monte Carlo. Na competição, Thomaz Bellucci venceu Kevin Anderson na estreia e deu show contra David Ferrer, derrotando o espanhol por 6/3 e 6/2. Na sequência, perdeu para o holandês Robin Haase.

Entre os favoritos, Novak Djokovic viveu um drama pessoal, com a morte de seu avô. Apesar disso, ele se manteve no torneio e foi à decisão diante de Rafael Nadal. Rafa foi campeão sem perder nenhum set e anotou 6/3 e 6/1 em Nole na final. Este foi o oitavo título do espanhol em Monte Carlo. Em seguida, o tenista foi campeão em Barcelona pela sétima vez, ao derrotar David Ferrer por 2 sets a 0. Confira todos os campeões do período.

Masculino

Indian Wells: Roger Federer (SUI)
Miami: Novak Djokovic (SRB)
Houston: Juan Monaco (ARG)
Casablanca: Pablo Andújar (ESP)
Monte Carlo: Rafael Nadal (ESP)
Bucareste: Gilles Simon (FRA)

Feminino

Indian Wells: Victoria Azarenka (BLR)
Miami: Agnieszka Radwanska (POL)
Charleston: Serena Williams (EUA)
Barcelona: Sara Errani (ITA)
Copenhague: Angelique Kerber (ALE)
Stuttgart: Maria Sharapova (RUS)
Fes: Kiki Bertens (HOL)
banner
banner