X

Ferrer lidera os principais números de 2012 na ATP. Espanha é soberana

Segunda, 17 de dezembro 2012 às 15:59:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A Associação dos Tenistas Profissionais começou uma série de reportagens em seu site oficial sobre os números do circuito na temporada 2012. A primeira etapa destaca o espanhol David Ferrer, cinco do mundo, com líder dos principais números.

Vencedor de sete títulos e 76 jogos de simples, o espanhol é o maior vencedor do ano. Ferrer e o suíço Roger Federer são os únicos tenistas a vencerem títulos nas três superfícies (rápida, saibro e grama). O espanhol é seguido pelo líder do ranking, Novak Djokovic, e Federer, que faturaram seis títulos cada um. Os argentinos Juan Martín Del Potro e Juan Mónaco, além do também espanhol Rafael Nadal aparecem com quatro troféus, seguidos pelo britânico Andy Murray com três.

O número um do Brasil, Thomaz Bellucci se faz presente na lista dos jogadores que venceram um título, sem ter vencido nada no ano anterior (2011). Ele venceu o ATP de Gstaad na Suíça. A lista ainda traz o veterano Tommy Haas, que venceu o ATP de Halle (Alemanha), Jurgen Melzer da Áustria, que faturou o ATP de Memphis (Estados Unidos) e o finlandês, Jarkko Nieminen, que levou o ATP de Sidney (Austrália). Em 2011 14 tenistas nesta situação haviam vencido.

O país que mais proporcionou finais entre compatriotas foi a Espanha, com cinco. Quatro delas com Ferrer que venceu três, Bastad (Suécia) e Buenos Aires contra Nicolas Almagro e Acapulco (México) contra Fernando Verdasco. David perdeu em Barcelona para Rafael Nadal. A outra final espanhola foi em Casablanca (Marrocos) onde Pablo Andujar venceu Albert Ramos.

Espanhóis fizeram um total de 21 finais e levaram 14 títulos para o país. Os sete de Ferrer, os quatro de Nadal, Barcelona, Masters de Monte Carlo e Roma (Itália) e Roland Garros (França), os dois de Nicolas Almagro, Brasil Open e Nice (França) e o título de Andujar no Marrocos.
banner
banner