X

Dois juvenis alcançam as quartas do 1o Instituto Tênis Future

Quinta, 17 de agosto 2006 às 19:36:15 AMT

Link Curto:

Tênis Juvenil
Florianópolis(SC) ­ Depois de uma quarta-feira de muita chuva e nenhum jogo, a rodada das oitavas-de-final do 1o. Instituto Tênis Future, na Federação Catarinense de Tênis, em Florianópolis, definiu os quadrifinalistas do evento que distribui US$ 10 mil e pontos no ranking da ATP.

Entre os oito tenistas que vão disputar vaga na semifinal, dois juvenis chamam a atenção. Daniel Dutra, que ganhou convite da organização e hoje eliminou o cabeça 5, Caio Zampieri, 508o da ATP por 4/6, 6/2 e 6/3 e João Olavo Souza, o Feijão, que venceu Marcelo Demoliner em outro jogo de três sets, por 6/3, 3/6 e 6/2.

A idade dos dois atletas é a mesma, 18 anos, mas os caminhos escolhidos no tênis são diferentes. Enquanto Dutra ocupa a 20a colocação no ranking juvenil da Federação Internacional de Tênis e se prepara para disputar a chave junior do US Open, Feijão nem se considera mais um juvenil. Seu último torneio da categoria foi o Banana Bowl e os sonhos dessa etapa estão todos enterrados.

" Não me considero mais um Junior, estou totalmente focado no profissionalismo, pensando e agindo como profissional. Quando pequeno eu tinha um sonho, ganhar o Banana Bowl, não deu, fechei esta página e comecei outra" , explicou.

As quartas-de-final do Instituto Tênis Future não é o melhor resultado do atleta- chegou `a semifinal em Fortaleza em 2005-, mas é considerado por ele mais uma grande vitória, resultado do trabalho duro que vem realizando e dos recentes treinamentos com Gustavo Kuerten na capital fluminense.

" Eu tenho orgulho de mim e de tudo isso que consigo a cada dia. Trabalho muito duro, já passei por muitas dificuldades, nunca nada foi fácil, mas quando treinei com o Guga e o Hernan (Gumy) lá no Rio, percebi que só se consegue alguma coisa trabalhando muito, sempre e ele é o melhor exemplo disso" , concluiu o garoto com cabeça de gente grande.

Nesta sexta-feira, a partir das 11 horas, com entrada gratuita das quadras da Federação Catarinense de Tênis, Dutra e Silva enfrenta Alessandro Camarço, que ganhou de Rodrigo Guidolin por 6/3 e 6/4, enquanto Feijão encara o cabeça-de-chave 2, Eduardo Portal, que eliminou Thomaz Bellucci por 7/5 e 6/3.

Nas outras partidas, Franco Ferreiro confirmou o favoritismo de cabeça 1 e aproveitou o nervosismo de Renato Pereira para marcar 6/0 e 6/0 e encara Gabriel Pitta, que eliminou Frederico Casaro por 4/6, 7/6(3) e 6/4. Alexandre Bonatto derrotou André Miele por 6/4 e 6/1 e disputa a vaga na semifinal com Eric Gomes, que passou por Bruno Rosa em três sets, parciais de 6/3, 2/6 6 7/5.

O I Instituto Tênis Future é uma realização da Federação Catarinense de Tênis, com patrocínio do Instituto Tênis e apoios da Eletrosul, Unimed, Águas Santa Catarina, Gatorade e Tecnifibre. Dunlop é a bola oficial. O evento tem supervisão da CBT-Confederação Brasileira de Tênis- e ITF- Federação Internacional de Tênis.

RESULTADOS DESTA QUINTA

Franco Ferreiro d. Renato Pereira 6/0 6/0
Gabriel Pitta d. Frederico Casaro 4/6 7/6(3) 6/4
Eric Gomes d. Bruno Rosa 6/3 2/6 7/5
Allexandre Bonatto d. Andre Miele 6/4 6/1
Alessandro Camarço d. Rodrigo Guidolin 6/3 6/4
Daniel Silva d. Caio Zampieri 4/6 6/2 6/3
João O. Souza d. Marcelo Demoliner 6/3 3/6 6/2
Eduardo Portal d. Thomaz Bellucci 7/5 6/3

Duplas
Bonatto/Ferreiro d. Ochiai/Zampieri 6/4 6/2
Farias/Pinto-Silva d. Camilo/Kleine 6/3 6/4


Fonte:Instituto Tênis
banner
banner