X

Testemunha de crime, Tauziat não renunciará a cargo na FFT

Quarta, 28 de novembro 2012 às 15:58:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A ex-tenista francesa Nathalie Tauziat ainda não conseguiu se desvencilhar da situação polêmica na qual se encontra, por ter deposto em juízo em favor do ex-técnico Régis De Cameret, que foi condenado a oito anos de prisão por ter estuprado duas de suas ex-atletas.

Entenda o caso

No sábado, 24, um dia após a decretação da sentença de De Cameret, Gilbert Ysern diretor da FFT (Federação Francesa de Tênis), afirmou à imprensa francesa que solicitaria que Tauziat pedisse demissão de seu cargo, pois suas declarações no tribunal haviam sido perturbadoras.

Nathalie faz parte do Comitê de Gestão da FFT há três meses e até esta semana fazia parte do Comitê Diretivo de Roland Garros. Em entrevista ao jornal Sudouest, Tauziat afirmou não haver motivos para entregar uma carta de demissão, visto que não cometeu nenhum crime e falou a verdade diante do júri.

"Não vou renunciar. Estou há dois meses no meu mandato. Não há razão para eu fazer isto. Não sabia que era testemunha de um crime", afirmou, rebatendo as declarações de Ysern "Não podem me demitir e não teriam motivo se pudessem", concluiu.
banner
banner