X

Capriati nega perseguição a ex-namorado

Terça, 27 de novembro 2012 às 12:07:13 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A ex-líder do ranking da WTA Jennifer Capriati negou que tenha perseguido seu ex-namorado Ivan Brannan, que é ex-golfista do estado da Flórida. A informação de que Brannan registrou ocorrência contra a ex-número 1 foi dada pelo Gossip Extra, publicação do estado da Flórida.

A publicação tem como informação que Capriati chegou a ligar centenas de vezes para o ex e também tentou derrubar o portão do condomínio onde ele mora. Somente este ano, Brannan registrou 10 queixas policiais. Capriati, por sua vez, afirma que não recebeu qualquer ordem de restrição vinda de autoridades policiais.

Capriati, que foi eternizada no Hall da Fama do Tênis este ano, ao lado do brasileiro Gustavo Kuerten, afirmou ao Gossip Extra que o ex-namorado é uma pessoa ruim e muito desonesta. "Um dia sou namorada dele, no outro estamos noivos e depois é como se eu nunca tivesse existido", desabafou. "Ele precisou de oito meses da nossa relação para me contar que tinha um filho. Imagina isso! Eu só estava tentando falar com ele, porque ele não estava retornando minhas ligações", contou Jennifer.

"De maneira alguma a polícia foi chamada. Eu não posso acreditar que ainda tenho que falar sobre isso! Pessoas como eu são sempre alvo de homens como ele", pontuou.
banner
banner