X

Nadal não pensa no número 1: 'Não depende do resultado e sim do trabalho'

Segunda, 26 de novembro 2012 às 17:23:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O espanhol Rafael Nadal foi a Barcelona para um evento da patrocinadora Bacardi, que lançou a campanha mundial "Campeões bebem com responsabilidade", e conversou com a imprensa local. O principal assunto foi o retorno de Rafa aos treinos na semana passada e a possibilidade de retorno.

Rafa fez questão de deixar claro que não apressará a volta para não correr nenhum risco. A ideia é voltar a curtir o tênis e poder lutar para voltar ao número um: "Meu objetivo é voltar a jogar o quanto antes, mas começar com a certeza de que a lesão está recuperada e que posso curtir o tênis por muitos anos, que é o que eu gostaria", disse.

O natural de Manacor contou aos jornalistas que aproveitou o tempo parado para se dedicar a coisas que o deixam feliz fora do tênis. Em setembro, Toni Nadal, tio e treinador de Rafa, falou em São Paulo que um dos passatempos favoritos do sobrinho "é pescar" e que Rafael estava fazendo isto.

"Tentarei dar o máximo de mim, se der para ser o número um serei feliz, se é para ser dois, feliz e se for o oito, feliz. Tem que se chegar no próprio limite e a satisfação é a mesma, não depende do resultado e sim do trabalho", ressaltou.

"Pela lesão não pude lutar pelo número um. Entretanto, número um se é ou não se é, meu objetivo é me recuperar e voltar a jogar", pontuou. Nadal lembrou que jogava bem a temporada até a lesão e que, depois de cinco meses parado, não crê que as coisas cheguem rápido: "Não há milagres", destaca. "Terei que seguir trabalhando, talvez mais que antes", reconheceu.

banner
banner