X

Stepanek vence e leva Rep. Tcheca ao título da Davis

Domingo, 18 de novembro 2012 às 17:06:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Aos 34 anos, Radek Stepanek viveu, neste domingo, seu momento mais brilhante na carreira. O número 37 do ranking se tornou o herói ao dar o título da 100ª edição da Copa Davis para a República Tcheca, em casa, na Arena O2 de Praga, acabando com um jejum de 32 anos do país.

Leia Mais:
É um sonho. Entramos para a história', vibra Stepanek
Os Campeões da Davis. Veja lista!
Veja como foi o último dia da decisão!
Siga o Tênis News no Twitter!

Stepanek aplicou 6/4 7/6 (7/0) 3/6 6/3 após 3h50min sobre Nicolas Almagro, 11º colocado, no quinto e decisivo ponto de confronto contra a Espanha que termina 3 a 2 para os tchecos, campeões de 1980 pela primeira vez ainda com o nome de Tchecoslováquia.

A Espanha permanece com cinco títulos da competição mais importante de nações e deixa escapar o quarto troféu nos últimos cinco anos. Os tchecos se vingam da derrota por 5 a 0 na final de Barcelona em 2009 para a Espanha que no confronto teve Rafael Nadal, ausente neste final de semana pela lesão no joelho.

Stepanek se tornou o mais velho jogador a vencer um ponto decisivo de Copa Davis e ao lado de Berdych controlou a campanha no final de semana do time da casa. Radek perdeu para David Ferrer em três sets, viu Berdych vencer Almagro em cinco. Nas duplas os dois bateram os campeões do ATP Finals, Marc Lopez e Marcel Granollers, e neste domingo Berdych caiu diante de Ferrer, mas Radek compensou na vitória no jogo final.

No ano, os tchecos venceram a Itália e Sérvia em casa nas duas primeiras rodadas, supreeenderam a forte Argentina em Buenos Aires e fecharam derrotando a Espanha, campeã de 2011.

O jogo

Na primeira etapa os dois tenistas disputaram games longos com chances desperdiçadas dos dois lados e acabaram confirmando até Stepanek pressionar na rede, obter um set-point e com ótima devolução finalizar a parcial por 6/4 com quebra.

No segundo set Almagro conseguiu uma quebra, abriu 4/2, mas permitiu o empate. Stepanek então virou e teve três set-points, um no décimo e dois no 12º game, mas viu Almagro sacar e jogar firme. O duelo foii ao tie-break e o espanhol começou errático. Com mais conforto, o tenista da casa deslanchou e fechou por 7/6 (7/0).

Stepanek teve chance de ouro com 0/40 no primeiro game, mas desperdiçou todas. Então foi a vez do espanhol somar suas chances, mas não convertê-las. O jogo foi seguindo com games duros até Almagro romper e fazer 5/2 fechando com erro do rival por 6/3.

Na quarta etapa, o já cansado Stepanek uniu suas últimas forças, foi pra cima, conseguiu a quebra, fez 3/0 e foi sustentando a vantagem com precisos serviços. Ele teve um match-point no oitavo game, mas Almagro foi valente, salvou com bom voleio. No game seguinte, Radek salvou um 15/30 com dois bons saques e após erro de backhand de Nicolas fechou o encontro e foi ovacioado pela torcida e companheiros de time.
banner
banner