X

Corretja lembra virada sobre Brasil como exemplo em busca de título

Sábado, 17 de novembro 2012 às 16:24:32 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Capitão da Espanha na Copa Davis, Alexa Corretja não jogou a toalha e ainda sente confiança em seus jogadores para a virada e o título da 100ª edição da competição neste domingo. Após a derrota nas duplas, Alex pontuou a qualidade em busca da virada no último dia.

Berdych jogou quatro horas para vencer Nicolas Almagro na sexta-feira e mais de três nas duplas neste sábado enquanto que Stepanek atuou um pouco menos, mas entrou em quadra nos dois dias.

Corretja lembrou da virada sobre o Brasil em 1998 em Porto Alegre quando Guga jogou os três dias e acabou derrotado no último. A Espanha venceu por 3 a 2 após sair de 2 a 1 abaixo no sábado.

"Sim, somos capazes de levar os tchecos ao um extremo muito duro, o melhor que poderia acontecer. O cansaço pode fazer uma diferença, mas duvido que seja o fator primordial, temos sim qualidade para vencê-los.

"Temos um exemplo de 98, fomos capazes de virar e é o que preciso passar aos jogadores, mesmo que a situação seja diferente, com outros tenistas e outro tipo de quadra", diz Corretja que naquele último dia no Brasil venceu Guga empatando o confronto e depois viu Carlos moya fechar o encontro batendo Fernando Meligeni.

"Sabíamos que seria difícil tirar um ponto do Berdych e na dupla. Está muito difícil, mas não é nada impossível, mas vamos trabalhar duro e com certeza não será fácil pra eles. Com certeza se o Ferrer e o Almagro jogarem o que jogaram na sexta-feira, vamos vencer".
banner
banner