X

Técnico rompre com Monfils, que segue sob à sombra de aposentadoria

Sexta, 16 de novembro 2012 às 06:39:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O francês Gaël Monfils rompeu a parceria com Patrick Chamagne, seu treinador desde julho de 2011, informou seu agente, Nicolas Lamperin, à agência France Press, AFP, no mesmo dia Monfils, que segue sob a sombra da aposentadoria, relevou que este foi o pedido do técnico.

Por meio de comunicado enviado à AFP, Lamperin afirmou: "Queremos agradecer a Patrick por seu investimento e presença ao nosso lado durante este tempo. Desejamos-lhe muito sucesso em seus futuros empreendimentos". No fim do dia, por meio de sua conta oficial no Twitter, Gaël comentou: "Não foi minha escolha, veio dele e por mútuo acordo nos separamos".

Antes de ser treinador em tempo exclusivo, Chamagne foi preparador físico de Monfils, quando seu treinador era o australiano Roger Rasheed, agora com Jo-Wilfried Tsonga. A parceria Chamagne/Monfil passou por um período difícil em 2012, quando o tenista ficou de fora quase toda a temporada, parando em fevereiro e voltando em setembro para os ATPs de Metz (França) e Bangcoq (Tailândia), onde fez boa campanha. Já em Estocomo (Suécia), o francês voltou a sentir dores no joelho e decidiu parar ao ser derrotado por Patrik Rosenholm, então 436 do mundo.

Monfils, de acordo com reportagem do jornal L'equipe, segue com o futuro em 2013 indefinido, apesar dos planos de retorno no ATP de Doha (Qatar) em preparação para o Australian Open. Sem treinador, Gaël ainda terá que passar por um novo processo de recuperação da lesão no joelho, pois segundo o próprio Chamagne o programa de recuperação do tenista em 2012 foi mal gerido e quase causou uma aposentadoria precoce.

Ainda de acordo com o jornal, a aposentadoria não é algo totalmente descartado por especialistas, tudo vai depender das condições do atleta em 2013. Entretanto, Monfils deve esgotar todas as tentativas e uma cirurgia não está descartada totalmente. O tenista não pensa na possibilidade de ter de parar.

Sobre o novo treinador o agente do atleta disse: "Há vários nomes, mas nenhum de nossa preferência. Veremos".
banner
banner