X

Espanha reclama da velocidade da quadra para final

Terça, 13 de novembro 2012 às 17:05:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
De acordo com informações do jornal MARCA, a equipe inteira da Espanha não gostou da rápida quadra Novacrylic Ultracushion, eleita pelos tchecos, para o confronto final da Copa Davis que ocorre a partir de sexta-feira na O2 Arena de Praga, na Rep. Tcheca. Foto: RFET

Segundo os espanhois a superfície é bem mais rápida do que a do ATP World Finals de Londres. Alex Corretja, capitão espanhol, reclamou: "Temos que esperar que se faça a medição para saber em que condições a quadra se encontra, se é mais rápido ou lenta. Obviamente está muito rápida. Temos que nos adaptar com o que temos. Se a quadra não passar do limite, podemos jogar. Se passar do limite estipulado pela ITF, esperamos que a Federação Internacional tome medidas".

A medição já foi feita pela ITF na noite de segunda-feira e aprovada em informativo entregue na manhã desta terça-feira aos capitães das equipes. Mas de acordo com o jornal espanhol não existem mais três camadas anunciadas pelo time tcheco no dia 15 de outubro.

A quadra é construída sobre uma lâmina de madeira, por cima leva quatro camadas de borracha e três de resina, que ao ser eliminada acelera o processo de jogo ao diminuir o quique da bola.

Para David Ferrer, a superfície é ainda mais veloz que a encontrada quatro anos atrás em Mar del Plata na vitória sobre a Argentina.
banner
banner