X

'Ferrer é como um pitbull', diz Stepanek

Segunda, 12 de novembro 2012 às 10:39:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O tcheco Radek Stepanek concedeu entrevista à agência EFE onde comentou como é jogar profissionalmente aos 33 anos, que seu jogo o faz sentir-se "o último dos moicanos" e sobre a dura final da Copa Davis diante da Espanha, onde destaca: "Ferrer é como um pitbull".

Stepanek, que se considera "o último dos moicanos" em virtude de seu estilo de jogo, comentou a mais dolorosa de suas derrotas para o número um da Espanha, David Ferrer, na final da Copa Davis em 2009. "Joguei com David em muitos torneios, Grand Slams, na Copa Davis e em Barcelona foi o mais duro, devido Às circunstâncias", ponderou.

O tcheco perdeu a segunda partida do confronto de virada, após estar vencendo por dois sets a zero, na ocasião, a Armada fez 5/0 no confronto. "David é como um 'pitbul', não te dá um só ponto de graça, e no decorrer da partida se faz maior, ele é capaz de encontrar o melhor de sua resistência física, e disso mostra o quão duro ele trabalha em seus treinamentos diários", disse Stepanek.

Stepanek, que estará na O2 Arena de Praga como o número dois do time da República Tcheca, comentou que como veterano se sente como "o último dos moicanos", já que vem da velha escola do tênis. "Sou um jogador incômodo e formo parte de um grupo restrito de tenistas que jogam de maneira especial", afirmou. "É como se fosse o último dos moicanos, e utilizo isso como vantagem e o desfruto a cada minuto em quadra", pontuou.

O time theco terá, além de Stepanek, Tomas Berdych como seu número um e Lukas Rosol e Ivo Minar completando o time.
banner
banner