X

Federer vira jogo e ganha 40º título da carreira

Domingo, 13 de agosto 2006 às 17:00:00 AMT

Link Curto:

Federer - Toronto II
O tenista suíço Roger Federer conquistou seu 40º título da carreira neste domingo. O número 1 do mundo levantou o troféu no Masters Series de Toronto ao derrotar o francês Richard Gasquet, 51º do ranking, de virada por 2/6 6/3 6/2. O tenista da Basiléia alcança sua 11ª conquista de eventos Masters Series e iguala a marca do americano Pete Sampras. Ele só está atrás de Andre Agassi que possui 17 troféus.

Nesta temporada os números de Roger são impressionantes. Ele disputou 11 torneios, fez 11 finais venceu sete (Doha, Australian Open, Indian Wells, Miami, Halle, Wimbledon e agora Toronto). Ao todo são 66 partidas e 62 vitórias, as quatro derrotas são todas para o espanhol Rafael Nadal. A última vez que o tenista não disputou uma final foi em Roland Garros 2005 quando caiu na semi diante do número 2 do mundo.

O tenista atingirá outra marca importante. Ele baterá o recorde de pontos no ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) a ser divulgado nesta segunda. Ele chegará aos 7.760 passando os então 7.275 atingidos logo depois de seu título no Australian Open em janeiro deste ano.

No primeiro set Federer esteve irreconhecível com 17 erros não-forçados. Por outro lado, Gasquet aproveitou as chances que teve e jogou um tênis perfeito mexendo o suíço de um lado para outro principalmente com sua esquerda. Ao todo o francês errou apenas 2 bolas. Mas o set pode ser definido em apenas um game. Gasquet saiu com q quebra e 2/1. No game seguinte, o suíço teve 0/40, mas não concretizou. O francês embalou e tornou a quebrar para fechar em 6/2. Está foi a primeira derrota de 6/2 em um set sem ser para o espanhol Rafael Nadal em quatro meses. A última havia sido para o sérvio Novak Djokovic na estréia do Masters Series de Monte Carlo em abril.

Na segunda parcial, Federer voltou um pouco melhor. Errou um pouco menos e sacou bem nos momentos importantes. Enquanto que o francês perdeu a intensidade e eficiência. Gasquet teve 0/40 no primeiro game, mas não conquistou a quebra. Na sequência o suíço cravou 2/0. No game seguinte novamente o francês teve chances e não aproveitou. O tenista da Basiléia foi mantendo seu serviço a duras penas até fechar em 6/3.

O terceiro e decisivo set começou equilibrado com ambos confirmando os serviços até o quarto game. Na sequência o suíço aproveitou as chances que teve e abriu 4/2 de vantagem. Gasquet parecia não ser mais o mesmo em quadra e viu Roger mostrar um pouco de seu arsenal de golpes e novamente quebrar o saque para fazer 5/2.

A campanha do suíço no Canadá começou bem tranquila com fáceis vitórias sobre Paul Henri-Mathieu e Sebastien Grosjean, ambos da França. Em seguida, a partir das oitavas, ele tropeçou e perdeu sets para o russo Dmitry Tursunov, o belga Xavier Malisse e o chileno Fernando Gonzalez.

Seu próximo torneio será mais um Masters Series. Ele busca a defesa da conquista em Cincinnati e enfrenta na estréia o tailandês Paradorn Sruchaphan.
banner
banner