X

Definidos classificados da chave principal do Circuito Unimed Profissional

Quarta, 09 de agosto 2006 às 15:10:10 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Encerrou nesta quarta-feira (09) a fase classificatória para a chave principal da 6ª etapa do Circuito Brasileiro Unimed de Tênis Profissional, que está sendo realizada nas quadras do Itamirim Clube de Campo, em Itajaí. As quartas-de-final foram dominadas pela maioria de atletas catarinenses, contando ainda com a representação do Paraná pelo tenista Marlon Oliveira, além de Stefano Flores, gaúcho radicado em Santa Catarina que foi o primeiro tenista a garantir sua vaga.

O jogo mais disputado da tarde foi entre os catarinenses Carlos Brentano e Lucas Abella. "O jogo foi muito difícil, comecei perdendo por 4/0, o Brentano jogou muito bem. Mas aí entrei com mais força no jogo, usei a tática certa, fui fazendo ele correr bastante, deixando ele cansado. Ele acabou tendo dores no braço e aproveitei o ponto fraco para vencer de virada", disse Abella, que está treinando com o ex-técnico de Guga Kuerten, Larry Passos. "Meu foco é na minha carreira, penso nela em longo prazo. Não estou competindo muito, mas estou me dedicando aos treinos na academia do Larry, onde tenho toda a infra-estrutura para ter muita base e regularidade nos jogos", completou o jovem tenista de apenas 16 anos. Já no confronto entre Marlon Oliveira e Daniel Canellas (SC), a melhor ficou com o paranaense Oliveira, que venceu com facilidade o adversário por 6/0 6/0. O último jogo a entrar em quadra nesta quarta foi outro duelo catarinense, desta vez entre Rafael Camilo, atleta do Itamirim Clube de Campo, e Bruno Volkmann, tenista da equipe de alto rendimento do Tabajara Tênis Clube, em Blumenau. O tenista de Itajaí venceu Volkmann por 6/1 6/0.

A chave principal tanto da categoria masculina quanto da feminina começa amanhã, a partir das 10h. Estarão em quadra competidores profissionais de alto nível técnico, entre eles o paulista de 20 anos Caio Zampieri, que é atualmente o 17º do ranking brasileiro profissional; o catarinense Eduardo Portal, de 22 anos, atleta do Instituto Tênis e atual número 26 do Brasil; e Alessandro Ventre, gaúcho que já conquistou dois títulos no Unimed Pro 2006 e é líder do ranking do circuito.

Também está com participação confirmada outro competidor do Instituto Tênis, Moacir Santos, que acabou de conseguir seus quatro primeiros pontos na ATP por ter passado o qualifying e jogado a chave principal do Challenger Joinville Tennis Festival. "Desde que entrei no Instituto Tênis tenho participado das competições profissionais e o resultado em Joinville foi o melhor até então. Foi uma ótima experiência e excelente oportunidade de entrar no ranking da ATP. O importante agora é estar concentrado e jogar bem amanhã, principalmente por estar em Itajaí, a cidade em que treino todos os dias", disse Santos, de 19 anos, que enfrentará o catarinense Lucas Abella, classificado pelo qualifying.

Outro destaque da competição é o elevado número de tenistas infanto-juvenis na chave principal. O jogador do Instituto Tênis e líder do ranking brasileiro da categoria 16 anos, José Pereira Junior, garantiu participação e jogará amanhã com o blumenauense Paulo Passold. "Nesse ano venci a Copa Gerdau e o Brasileirão, garantindo a liderança do ranking nacional. Tenho apenas 15 anos, e esse é o meu primeiro ano de profissional. Esse torneio está muito forte, e foi uma boa oportunidade entrar na chave principal. Agora é encarar todos os que vierem e jogar com força e seriedade", disse José Pereira. Na categoria feminina o destaque entre os jogos de quinta-feira fica com a catarinense que é a quarta melhor tenista do Brasil na categoria 18 anos, Gabriela Vieira, campeã da etapa do circuito sul-brasileiro infanto-juvenil que aconteceu em Florianópolis entre os dias 03 e 06 de agosto. A tenista estréia contra a também catarinense Gabriela Eufrásio.

Esta é a sexta etapa do circuito que já passou pelas cidades de Chapecó, São Miguel do Oeste, Itá, Tubarão, Brusque, e ainda terá mais uma etapa em Florianópolis e um Master em Rio do Sul. O campeão, que será definido no final das nove etapas, receberá como prêmio uma passagem de ida e volta para os Estados Unidos.

O circuito oferece R$ 54 mil em premiação, sendo R$ 6 mil por etapa. Na etapa de Itajaí houve um estímulo a mais para a participação na competição: o campeão e o vice da etapa receberão convite para entrar diretamente na chave principal do I Instituto Tênis Future, enquanto os semifinalistas entrarão na fase classificatória (qualy) deste mesmo torneio, que acontece entre 14 e 20 de agosto.

Fonte: Imprensa FCT
banner
banner