X

Vinciguerra vai à final na Itália

Sábado, 05 de agosto 2006 às 15:12:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Se for por análise de ritmo de jogo e tipo de quadra, Andreas Vinciguerra vem ganhando a batalha diante de Joachim Johansson para integrar o time sueco da Davis que vai ao Brasil lutar por uma vaga no Grupo Mundial no fim de setembro. Vinciguerra, 235º da lista da ATP, alcançou nesta sábado, a decisão do Challenger de Trani, Itália, qu distribui US$ 50 mil em prêmios e oferece hospedagem aos tenistas.

Ele derrotou na semi o cabeça 1 do torneio, o local Stefano Galvani por 6/2 5/7 6/2 e agora luta pelo título diante do argentino Juan Pablo Guzman. Na última semana o sueco havia chegado às quartas em Tampere, Finlândia. Toda a campanha recente do tenista está sendo em piso semelhante ao do confronto da Davis em Belo Horizonte, o saibro.

Como alcançou a final em Trani, Vinciguerra ganhou o special exempt e entrou direto na chave principal do forte Challenger de San Marino que distribui US$ 100 mil e oferece hospedagem aos tenistas. Ele encara o tcheco Jan Hajek no evento que começa na próxima segunda-feira.

Por sua vez, Joachim Johansson, ex-número nove do mundo, jogou apenas 2 torneios após quase um ano parado devido a uma lesão no ombro direito. Johansson, 931º, venceu apenas um jogo na quadra rápida de Recanati, Itália. Na próxima semana, Joachim não joga nenhum evento.

Os dois disputam uma vaga no time principal com a já declarada ausência de Thomas johansson que acompanhará o nascimento do filho. O time por enquanto tem a presença quase certa de Robin Soderling, Jonas Bjorkman e Simon Aspelin.
banner
banner