X

Campeão Pan-Americano terá vaga nas Olimpíadas 2008

Sexta, 04 de agosto 2006 às 11:54:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Agora é oficial. O Campeão Pan-Americano de Tênis terá prioridade de vaga nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. A solicitação da Confederação Brasileira de Tênis e do Comitê Olímpico Brasileiro junto à Federação Internacional de Tênis foi, em parte, atendida. Os atletas medalha de ouro no masculino e feminino, terão prioridade de entrada na chave dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, após as inscrições diretas pelo ranking profissional(a classificação não será direta), desde que cumpridas as seguintes condições:

- Que a posição do tenista no ranking, em 9 de Junho de 2008, data limite para as inscrições diretas, esteja próxima à do último colocado na lista de inscrições diretas para os Jogos Olímpicos de Pequim, sendo que cada país poderá inscrever diretamente 4 atletas, no máximo.

- Que o país do atleta não tenha completado as quatro(4) vagas de simples a que tem direito na chave, através do ranking profissional. Dessa forma, a vaga restante poderá ser ocupada através do resultado do atleta nos XV Jogos Pan-americanos Rio 2007.

A idéia inicial era que os atletas, medalha de ouro no masculino e feminino, tivessem presença garantida nos Jogos, com o objetivo de tornar a disputa mais atraente aos tenistas profissionais, que muitas vezes trocam a participação no evento por campeonatos dos Circuitos ATP e WTA, que oferecem premiação em dinheiro. De qualquer forma, a decisão da ITF é um avanço em relações `as edições anteriores do Pan-americano, quando os campeões não possuíam nenhum tipo de preferência ou regalia na participação dos Jogos Olímpicos.

A CBT tenta, ainda, junto ao Comitê Pan-americano de Tênis, aumentar o número de wild cards (convites) a que tem direito o pais sede, para que possa promover torneios classificatórios, visando aumentar a participação dos brasileiros nos jogos de 2007.

Pelo atual regulamento, cada Pais poderá inscrever oito jogadores, quatro no masculino e quatro no feminino, sendo três para chave de simples e um para chave de duplas.

O Brasil, por ser sede, terá automaticamente, todos os seus jogadores inscritos. O Pan admitirá um máximo de 40 jogadores no masculino e 40 no feminino, sendo 26 por ranking e 14 wild-cards, para os paises que não possuem tenistas dentro do ranking determinado pelo CPT.

“A CBT está negociando alguns desses wild-cards para a realização de torneios classificatórios, mas independente de conseguirmos os convites, ou não, garantimos a realização do pré-quali para distribuir, pelo menos, uma vaga no masculino e outra no feminino” , disse o Superintendente da CBT e diretor de competição do tênis nos XV Jogos Pan-americanos Rio 2007.

“Assim como em vários outros esportes, as regras ainda não foram definidas, por que todas as Confederações buscam uma maior participação de seus atletas nos Jogos, assim como a CBT. O Pan é um evento de muita importância, será aqui no Brasil e queremos contar com nossos melhores tenistas na disputa. Estamos a um ano do Pan e , especificamente no tênis, não adianta especular muita coisa, por que a seleção principal é pelo ranking e pelo menos uma vaga será por pré-quali e até lá, muita coisa pode acontecer” , finalizou Jorge Lacerda, presidente da CBT.

Fonte: Imprensa CBT
banner
banner