X

Brasil estreia nesta terça-feira no Campeonato Sul-Americano de 16 anos

Terça, 01 de maio 2012 às 09:25:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O Brasil inicia nesta terça-feira a disputa do Campeonato Sul-Americano de tênis na categoria 16 anos, na cidade de Valencia, na Venezuela. O torneio vale a classificação para a Junior Davis Cup e a Junior Fed Cup, mundiais da categoria que ocorrem em setembro na Espanha.

Neste ano o Brasil conta com tenistas de resultados expressivos nas duas equipes. O time feminino, que tem Roberto Carvalho como capitão, conta com Beatriz Haddad Maia, tenista que já ganhou dois torneios profissionais aos 15 anos e é a atual 15ª do mundo no ranking ITF Juniors. Carolina Alves foi a campeã do Banana Bowl na categoria 16 anos em 2011, enquanto Suellen Abel foi a vencedora deste ano no tradicional torneio infanto-juvenil nos 16 anos.

O time masculino do Brasil é comandado pelo capitão Luiz Peniza, e terá em quadra o atual campeão do Banana Bowl na categoria 16 anos, Marcelo Zormann da Silva, além de Gabriel Hocevar e Rafael Matos, que foram campeões de duplas na categoria 16 anos da Copa Gerdau deste ano.

O Sul-Americano começou nesta segunda-feira, mas as equipes brasileiras folgaram na primeira rodada. A equipe feminina do Brasil, que é a atual campeã da competição, faz sua estreia na terça-feira contra o Peru, pelo grupo A, que ainda tem Bolívia, Chile e Equador.

“Temos uma grande equipe. Conseguimos treinar bem durante os dias que antecederam o confronto e agora é o momento de as jogadoras se manterem tranquilas e colocarem em prática tudo que foi trabalhado”, afirmou o capitão Roberto Carvalho, que é treinador do Instituto Larri Passos.

“Contra o Peru, como em toda estreia, precisamos de muita atenção para que a ansiedade não sobreponha sobre o rendimento”, completou Roberto Carvalho.

Já o time masculino do Brasil joga seu primeiro confronto diante do Uruguai, pelo grupo B, que ainda tem Bolívia, Equador e Peru no complexo de tênis Rafael Yáñez Gordils, em quadra dura.

“A nossa equipe tem três jogadores com capacidade de jogar tanto em simples quanto na duplas, e isso demonstra a versatilidade que o possui o time. No confronto de amanhã contra o Uruguai espero que os meninos demonstrem a mesma atitude nos treinamentos, pois isso aumentará as chances de um resultado positivo”, afirma o capitão Luiz Peniza, que é treinador do IGT.

Os campeões de cada grupo disputam o título Sul-Americano e garantem automaticamente a classificação para o Mundial da categoria, enquanto os segundos colocados de cada grupo se enfrentam valendo a terceira posição e consequentemente a terceira e última vaga no Mundial.
banner
banner