X

Djokovic afirma que a Olimpíada é a maior prioridade em 2012

Sexta, 23 de março 2012 às 16:58:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O tenista sérvio, Novak Djokovic, número um do mundo, já está em Miami, onde joga o torneio Masters 1000 que o consagrou campeão na temporada passada. Em uma entrevista para a organização do evento, Nole contou sobre os Jogos Olímpicos deste ano, e a sua preparação para a defesa do título.

"Este foi realmente o primeiro grande evento que eu ganhei em 2007. Tive algumas grandes vitórias aqui, e considero esse torneio como um grande trampolim na minha carreira", afirmou.

O número um do mundo é só elogios para a cidade americana. "Eu acho que Miami é uma cidade muito divertida, cultural e até internacional. Aqui é possível ver várias pessoas de diferentes partes do mundo que vêm aqui para apoiar seus ídolos no tênis", contou.

Djokovic ressaltou que não está em Miami para defender o título conquistado no ano passado, mas sim para obter novas conquistas na carreira. “Eu poderia defender o título neste torneio ou qualquer outro torneio, mas minha mentalidade não funciona assim. Eu realmente estou tentando lutar pelo título. Estou aqui para lutar por ele como qualquer outro jogador. Acredito que cada época é diferente, a cada ano é diferente, cada torneio, cada semana é diferente”, afirmou.

O sérvio não esconde que os Jogos Olímpicos, em Londres é a sua maior prioridade para esta temporada. “As Olimpíadas são os jogos mais prestigiados e mais importantes da história do esporte”, disse. Nole que já disputou o evento em 2008, em Pequim, afirmou que a competição é um marco para os tenistas. “Eu tive esse privilégio de estar representando meu país em Pequim, na qual um monte de atletas do topo mundial. Para mim, isso foi uma experiência incrível, muito maior do que jogar um torneio”, completou.

Para o número um do mundo, defender o seu país nas Olimpíadas e na Copa Davis é completamente diferente. “Eu acredito que é diferente de qualquer outro evento individual que temos no ATP Tour. Mesmo que você esteja representando seu país na Copa Davis é muito diferente quando está jogando uma Olimpíada”, explicou.

Djokovic lamenta por não poder acompanhar os Jogos Olímpicos por completo, uma vez que logo após a competição (com uma duração de oito dias) o tenista já viaja para o Canadá para a disputa do Masters 1000 local. “Vou tentar aproveitar cada momento do torneio e dos Jogos Olímpicos em geral. Vou tentar assistir alguns outros esportes. Mas infelizmente, quando o torneio de tênis acabar, temos de seguir em frente para o Canadá. Então não há muito tempo para olhar outros esportes”, ressaltou.

Colaboração de Lucia Hoffman, Tennis Panorama
banner
banner