X

Grã-Bretanha reduz impostos após reclamação de Nadal

Quinta, 22 de março 2012 às 10:38:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal foi o principal pilar de reclamação contra a lei de impostos de atletas estrangeiros para poder atuar no país. E inmclusive não vai jogar o ATP 250 de Queen´s que participou nos últimos anos. Parece que deu certo. O governo local divulgou mudanças.

O LTA, Lawn Tennis Association, federação britânica de tênis, comemorou as novas taxações aos atletas estrangeiros.

O governo britânico publicou que a conta de impostos na Grã-Bretanha aos estrangeiros será reduzida levando em conta também os dias de treinos.

"Estou satisfeito que o governo, como nós, reconheçamos que as regras de impostos sobre os contratos gera um sério risco no crescimento e status de nossos eventos esportivos e dou boas-vindas à decisão de incluir isso no pacote", disse Roger Draper, presidente da LTA.

"Vamos estudar com mais detalhes esta mudança, mas agradeço ao governo e o ministro dos esportes , Hugh Robertson e David Gauke, ministro das finanças, por ouvirem nossas reclamações e também à ATP e All England Club (onde é disputado Wimbledon) por nos ajudarem a achar uma solução".

Nadal irá jogar o ATP 250 de Halle, na Alemanha, ao invés de Queen´s e anunciou que o principal motivo são as altas taxas de impostos.

"Eles me tiram dinheiro de patrocinadores, da Babolat, da Nike, dos meus relógios. Isso é difícil. Eu venho jogar na Grã-Bretanha e perco dinheiro".

Nas Olimpíadas todos os atletas de fora do país estarão isentos de qualquer imposto.
banner
banner