X

Hocevar vai às 4ªs em Floripa. Chuva adia Mello x Alves

Quinta, 01 de março 2012 às 21:14:30 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Em um dia que começou ensolarado em Florianópolis, Ricardo Hocevar conseguiu se garantir nas quartas de final ao bater o americano Wayne Odesnik em partida de 2h38min de duração e muito desgaste dos jogadores devido ao forte calor no Lagoa Iate Clube.

Hocevar conseguiu levar vantagem ao vencer o primeiro set no tie-break com 7-3 contra Odesnik, que se recuperou na segunda parcial e conseguiu equilibrar o duelo. Mas quando contava com 2/1 a favor no terceiro set, Odesnik acabou abandonando a partida devido a uma lesão na lombar.

“O primeiro set estava bem cansativo para os dois nas viradas ali colocando gelo no pescoço, a temperatura estava bem alta, parece que com 80% de umidade, mas no final ele acabou tendo um problema físico e deu desistência. Que bom que eu saí vitorioso, mas não foi da maneira que a gente gosta”, afirmou Ricardo Hocevar após vencer o duelo.

“Estou jogando bem também, voltei de contusão, estou mais firme e espero poder seguir ganhando”, comemorou Ricardo Hocevar, que enfrenta nas quartas de final o argentino Diego Junqueira.

No evento challenger com premiação de US$ 50 mil + hospedagem realizado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e a Federação Catarinense de Tênis (FCT), o calor do início da programação deu lugar a uma forte chuva no meio da tarde.

As nuvens carregadas deram mostras de que a partida entre Ricardo Mello e Thiago Alves, uma das principais desta quinta-feira, poderia ser interrompida pela chuva. No 12º duelo entre os paulistas, Alves começou melhor e conseguiu uma quebra no serviço do adversário e abriu 3/0 quando a chuva forte impediu o prosseguimento da rodada.

“Já começou um pouco difícil o jogo, tinha garoado um pouco e entramos na quadra sabendo que iria chover a qualquer momento. O primeiro game foi muito duro, consegui saí de uma situação de 15-40, consegui quebrar ele também. Agora é aproveitar essa vantagem para seguir firme”, afirmou Thiago Alves.

Mesmo com a interrupção quando estava em vantagem na partida, Thiago Alves afirma que os tenistas devem estar preparados para situações como essa e espera poder manter a vantagem obtida no início do duelo.

“A gente tem que estar preparado mentalmente para isso, no tênis tem que estar preparado o tempo inteiro. Amanhã para mim é bom que já saio na frente, com uma margem maior, com mais confiança e mais segurança”, completa Thiago Alves, que volta a jogar com Ricardo Mello às 11h desta sexta-feira no LIC.
banner
banner