X
banner

Djokovic salva match-point e vira contra Berdych

Segunda, 21 de novembro 2011 às 21:16:34 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Novak Djokovic esteve a um ponto da derrota, mas utilizou toda sua fibra, raça e condição de número 1 para virar e derrotar o tcheco Tomas Berdych, sétimo colocado, e garantir a primeira vitória na estreia do ATP World Finals, evento em Londres com os oito melhores do ano.

Leia Mais:
Insatisfeito, Djokovic reclama de passividade

O líder da ATP, campeão do evento em 2008, em Xangai, na China, precisou de 2h39min para superar o rival pela oitava vez em nove partidas com parciais de 3/6 6/3 7/6 (7/3).

Djokovic termina o primeiro dia do Grupo A em segundo lugar já que David Ferrer bateu Andy Murray em dois sets. O tcheco fica em terceiro e o escocês em último e ainda em dúvida sobre a permanência no torneio por conta de uma lesão na virilha.

Na partida da noite de hoje o natural de Belgrado começou mal, cometendo erros, com bolas curtas e sendo dominado pelo tcheco. Berdych abriu 4/0 com facilidade. Bastou ser um pouco mais consistente para diminuir para 2/4, mas não foi o suficiente. Berdych aplicou 6/3 em 48 minutos.

Na segunda etapa, o sérvio trouxe a melhora do set anterior pro início da segunda etapa, partiu pra cima, quebrou, fez 3/0 e foi sustentando o serviço até o fim marcando 6/3 em 46 minutos.

No set decisivo os dois mantiveram um ótimo nível de tênis e o jogo passou a ficar dramático. Berdych despachou winner de direita e quebrou para ter 4/2. Mas cometeu dupla-falta, erros e viu a vantagem sumir. O tcheco então teve um match-point no 12º game após dupla-falta de Nole, foi pra direita vencedora, mas errou feio. A partir daí o tênis de Berdych desapareceu, os erros no forehand foram constantes e Djokovic, mesmo desgastado venceu por 7/6 (7/3) após pesado serviço.

Na próxima quarta-feira Djokovic encara Ferrer em jogo que deixará o vencedor em ótima posição para se classificar às semis. Berdych e Murray se enfrentam no duelo dos desesperados.
banner
banner