X
banner

Roddick não poupa críticas ao “sistema falho” da ATP

Terça, 15 de novembro 2011 às 11:13:58 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Depois que Adam Helfant, CEO da ATP, anunciou que ao término de 2011 não presidirá mais a organização, o americano Andy Roddick resolveu questionar a estrutura interna da entidade que gere o tênis. “Você não pode entrar em negociação com alguém que representa os dois lados”.

Cada decisão tomada pela ATP depende da aprovação e votos do seu conselho, composto por sete diretores – sendo três deles representantes de torneios -, mais três jogadores e o presidente, que tem o voto de desempate em qualquer votação do conselho. “Já tivemos todos os tipos (de presidente): recatado, calmo e inteligente”, comentou o atual 14º do ranking.

As modificações que acontecem dentro da alta cúpula da ATP e a política da organização são falhas, na opinião de Roddick. “A partir de um certo momento, você deve olhar para o sistema como falho, ao invés de sempre ir atrás de um bode expiatório. Eu não acho que isso seja culpa do CEO, apenas acredito que o sistema é suspeito”.

Adam Helfant, ex-executivo da Nike, deixará o cargo após 3 anos de administração.
banner
banner