X
banner

Meligeni vê desafio na busca pelo BI no Rio Champions

Segunda, 14 de novembro 2011 às 16:50:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Fernando Meligeni está pronto para buscar o bicampeonato do Claro Rio Champions e dar seu show particular no Maracanãzinho, entre osdias 17 e 19 de novembro. O ex-número 25 do mundo e campeão Pan-Americano em Santo Domingo, em 2003, descarta o favoritismo, mas garante que chegará com um bom nível de tênis para o evento, que terá as estrelas Carlos Moyá, Goran Ivanisevic, Gaston Gaudio, Marcos Daniel e Nicolas Lapentti, seu primeiro adversário.

O evento termina com uma grande festa para o público, no dia 19, com a , reedição da final de Roland Garros 2001, entre Guga e Alex Corretja homenageando o tricampeonato do brasileiro em Paris. Ingressos à venda no www.ingressomais.com.br .

Velho conhecido dos brasileiros, Lapentti conquistou cinco títulos de simples na carreira, três de duplas – um deles com Guga – e chegou à sexta posição na ATP em 1999. Mesmo sendo um adversário duro em quadra, Meligeni não poupa elogios ao equatoriano. “Ele é um cara muito legal, correto dentro de quadra. Se ele falava que uma bola foi fora, eu nem olhava para o árbitro para tirar a dúvida. Dentro de quadra, acho que não conheci um cara mais correto do que o Nico no circuito”. Lapentti, 35 anos, fez seu último jogo como profissional em maio de 2010, enquanto Meligeni, cinco anos mais velho, parou em 2003. “Ele parou há pouco tempo, vai ser uma pedreiraça. Mas acho que o ponto mais legal para quem vive ou viveu do esporte é falar de desafio. Só de chegar ao clube para treinar, pensando em jogar bem, já é um barato”, conta Meligeni.

O atual campeão guarda recordações do torneio de 2010 não apenas por superar jogadores como Wayne Ferreira e Mark Philippoussis, na final, mas também por contar com a torcida da esposa, Carol Hubner, e do filho, Gael, nas arquibancadas. “O Rio Champions do ano passado foi particularmente especial para mim. Foi a primeira vez que joguei para o meu filho ver, foi uma sensação diferente. Como conheci a Carol depois que parei, ela também pôde me ver ganhar alguma coisa, valendo, porque a gente vai pra quadra e joga sério, lembrando o circuito”.

Enquanto se prepara, o atual campeão treina há mais de um mês com Mauro Menezes, ex-62º de duplas, e na última semana jogou em São Paulo contra o chileno Nicolas Massú, medalhista de ouro em simples e duplas nas Olimpíadas de Atenas. “O Mauro é meu técnico ‘interino’ depois que saí do circuito”, brinca Meligeni. “Jogar com um profissional é bom para sentir o peso da bola. Acho que vou chegar com um nível de tênis legal, com o comprometimento que o públicomerece”.

Etapa sul-americana do Champions Series, circuito mundial de campeões, o Claro Rio Champions começa no dia 17 com o estreante no circuito, Marcos Daniel, contra o campeão de Roland Garros 2004, Gaston Gaudio. Em seguida, entram em quadra Meligeni e Lapentti. Os jogos continuam no dia 18, com o vencedor de Meligeni e Lapentti enfrentando o campeão de Wimbledon 2001, Ivanisevic, que vem pela primeira vez ao Brasil, e com Daniel ou Gaudio jogando contra o campeão de Roland Garros 1999 e ex-número um do mundo, Carlos Moyá. A final é no sábado, às 19h, antes do jogo entre Guga e Corretja, que lembra a final de Roland Garros 2001, que marcou o tricampeonato do brasileiro, com parciais de 6/7(3) 7/5 6/2 6/0.
banner
banner