X

Marcos Daniel derrota Hewitt e faz história na Áustria

Segunda, 22 de maio 2006 às 14:45:05 AMT

Link Curto:

Marcos Daniel VII
O tênis brasileiro vive hoje um dia importante. A vitória mais significativa de um tenista nacional desde a queda de Gustavo Kuerten no ano passado. Isso mesmo! O gaúcho Marcos Daniel não se intimidou e derrotou o australiano Lleyton Hewitt, ex-número um do mundo, atual 14º na lista de entradas e cabeça 2 do torneio ATP de Poertschach, Áustria. A partida foi dramática e durou três sets: 3/6 6/3 7/6 (7/3). Com o resultado ele se classificou às oitavas de final do na última semana de torneios no saibro antes de Roland Garros.

Esta é apenas a 2ª derrota de Hewitt em 10 jogos com brasileiros

Este é o maior triunfo na carreira do tenista de Passo Fundo (RS) e primeira vitória sobre um tenista Top 15. Em duas outras oportunidades havia endurecido jogos diante do número um do mundo Roger Federer, em Bangkok, e do Top 10 Gaston Gaudio, em Acapulco. Neste torneio, Daniel emplacou sua melhor campanha na carreira até hoje quando venceu o chileno Nicolas Massu e o americano Kevin Kim nas fases anteriores até cair nas quartas de final.

Na carreira, Hewitt levantou 24 troféus sendo dois Grand Slams no US Open 2001 e Wimbledon 2002, além do bi da Masters Cup nas mesmas temporadas. Sua temporada vem sendo um tanto irregular. Começou o ano no grupo dos 5 melhores, mas foi eliminado na 3ª rodada do Australian Open e havia alcançado duas finais em Las Vegas e San Jose. Essa foi apenas sua primeira partida no saibro neste ano. Hewitt se machucou e não atuava desde o Masters Series de Miami.

Com o triunfo, Marcos, atual 89º, marcará no mínimo 15 pontos e retomará a condição de melhor do Brasil, desbancando Flávio Saretta, 87º. Seu próximo adversário nas oitavas de final na Áustria será o romeno Andrei Pavel que marcou 7/5 6/2 diante do argentino Carlos Berlocq. O confronto será inédito para Daniel e acontece apenas na quarta-feira.

O jogo

"Marquito" começou muito bem a partida quebrando o serviço do australiano: 2/1. Na sequencia, Hewitt usou sua raça habitual para virar 4/2 e fechar o set em 6/3.

Lleyton voltou com tudo no segundo set a dava pinta que levaria fácil o jogo. Fez 2/1 com uma quebra de vantagem, mas o gaúcho não se intimidou, igualou 3/3 e, embalado, tornou a quebrar fechando 6/3.

O terceiro e último set foi o mais dramático. Novamente a partida mudou de lado e ganhou ares brasileiros. Daniel vinha muito sólido e com tranquilidade abriu 4/0 para bater um Hewitt aparentando falta de ritmo. Mesmo assim, o "canguru" não se abateu devolveu as duas quebras virou 5/4. A pressão ficou toda em cima de "Marquito" que manteve a calma para levar a decisão ao tie-break.

Daniel abriu um mini-break de vantagem com 5 a 3 e viu Hewitt virar o pé e cair na quadra. Atendido pelo fisioterapeuta do torneio, o australiano retornou a duras penas, mas cometeu uma dupla-falta e deu um drop-shot longo, suficiente para Daniel ir a rede, matar o ponto e sacramentar a vitória: 7/6 (7/3).
banner
banner