X

Alemanha vence por 2x1 a Itália . Chile faz 2x0 na Espanha

Domingo, 21 de maio 2006 às 13:31:58 AMT

Link Curto:

Copa do Mundo de Tênis - Dusseldorf
Nas semifinais da Copa do Mundo de Tênis, em Duesseldorf, Alemanha, os donos da casa sairam na frente da Itália com a vitória de Nicolas Kiefer sobre Filippo Volandri por 7/6 6/3, mas Davide Sanguinetti tratou de deixar tudo igual no placar ao bater Philipp Kohlschreiber por 2x1 com 6/3 3/6 6/4. Nas duplas a Alemanha conseguiu fazer 2x1. Na outra semifinal o Chile fez 2x0 na Espanha com as vitórias de Fernando Gonzalez sobre David Ferrer com parciais de 7/5 6/7 6/3 e de Nicolas Massu sobre Fernando Verdasco por 6/2 4/6 6/4.

No 1º jogo do duelo entre Chile e Espanha, Nicolas Massu precisou de 2h e 23min para bater Fernando Verdasco. No 1º set vitória fácil para o chileno que com duas quebras fez 6/2. Na 2ª parcial Verdasco se recuperou e deu o troco ao conseguir duas quebras contra uma de Nicolas: 6/4. No desempate do terceiro set Massu retomou o controle do jogo e derrubou o espanhol em duas oportunidades contra uma: 6/4 e 1x0 para o Chile.

Na 2ª partida, entre Gonzalez e Ferrer, as coisas foram mais equilibradas. Gonzalez conseguiu três quebras contra duas no 1º set e fez 7/5. Na 2ª etapa o tie break foi o único modo de decidir a partida já que os dois tenistas aproveitaram duas quebras cada. No tie break melhor para o espanhol: 7/6. No último set Gonzalez confirmou que estava num dia ligeiramente melhor ao errar menos que Ferrer e fazer 6/3, finalizando o embate a favor dos sulamericanos: 2x0.

Nos jogos entre alemães e italianos, os donos da casa levaram a melhor. No 1º duelo Nicolas Kiefer teve trabalho com Volandri apenas no 1º set quando o jogo foi para o tie break. Mesmo assim ele não deu chances ao italiano no desempate e fez 7/6. Na 2ª parcial, o alemão teve tranquilidade para se aproveitar dos muitos erros de Filippo e fez 6/3, com duas quebras de serviço, abrindo o placar em favor dos locais.

Quem esperava vida fácil para os alemães não contava com a vitória de Davide Sanguinetti sobre Kohlschreiber. O italiano fez 6/3 na 1ª etapa, mas não resistiu ao maior ritmo imposto por Philipp na 2ª parcial e perdeu pelo mesmo placar: 6/3. No último set a maior experiência de Sanguinetti pesou e ele venceu por 6/4, empatando o confronto em 1x1.

Nas duplas os alemães Michael Kohlmann e Alexander Waske venceram a dupla italiano formada por Sanguinetti/Volandri. Talvez por já terem jogado partidas de simples no mesmo dia, os italianos acabaram sentindo o desgaste e não resistiram a batalha contra os donos da casa. Com um duplo 6/4, Waske/kohlmann deram a vitória no confronto diante dos italianos.

banner
banner