X

Alves perde na estreia na África após entregar jogo do quali

Segunda, 31 de janeiro 2011 às 17:16:54 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A tentativa de se beneficiar ao entregar seu último jogo do qualifying sabendo que tinha vaga garantida na chave do ATP de Johanesburgo (África do Sul) como lucky-loser, como confessou em comunicado enviado por sua assessoria de imprensa, não deu certo para Thiago Alves.

O número seis do Brasil e 178 do mundo foi derrotado na primeira rodada do torneio no piso rápido que distribui US$ 422 mil diante do alemão Simon Greul, 130º colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 6/2 7/5 após 1h17min de duração.

Alves chegou a ter 3/1 com quebra na segunda etapa, mas não manteve o placar. Ele acabou sofrendo quatro quebras ao longo do encontro.

“Não me esforcei muito no segundo jogo. Já tinha feito um jogo duro de manhã e sabia que estava na chave devido a desistência de um jogador”, afirmou Alves ontem após levar 6/3 6/1 do sul-africano Nikalas Scholtz.

A assessoria de imprensa do tenista se retratou após o ocorrido no domingo: "“o contrário do que foi publicado na mídia, Alves não entregou o jogo. Desgastado após uma partida no período da manhã, que durou três sets, na qual venceu o holandês Rogier Wassen. Alves enfrentou à tarde outro jogo, pontuando três games no primeiro set e outros dois no último e, sem condições físicas, acabou não conseguindo assegurar sua segunda vitória no dia. Thiago Alves, além de, reconhecidamente, ser um tenista obstinado, é um atleta ético, comprometido com o esporte, com o jogo limpo e com o respeito aos adversários”, explicou a nota.

O brasileiro tinha um jogo teoricamente fácil contra o tenista inexperiente abaixo dos 600 do ranking na última fase do quali, mas jogou sem se esforçar sabendo que tinha vaga na chave para justamente chegar mais inteiro para a estreia desta segunda-feira, mas não deu certo. Acabou que somará apenas seis pontos na ATP ao invés dos 12 que garantiria se tivesse vencido na final da fase prévia.
banner
banner