X

Henin anuncia a aposentadoria em comunicado comovente

Quarta, 26 de janeiro 2011 às 13:30:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Justine Henin, atual número 13 do mundo e ex-líder da WTA, anunciou, em seu website, sua aposentadoria do tênis após uma persistente lesão no cotovelo direito. A tenista havia parado em maio de 2008,mas voltado em janeiro de 2010.

Henin obteve sucesso no retorno atingindo duas finais seguidas inclusive no último Australian Open e faturando dois títulos. Mas uma lesão contraída em Wimbledon no cotovelo a tirou das quadras até o fim do ano e ela voltou a sentir o problema na derrota para Svetlana Kuznetsova na terceira rodada de Melbourne esta semana.

Justine, que ganhou sete Grand Slams na carreira, detalhou como se sentiu nos últimos meses e o drama para tentar continuar jogando: "Passei os últimos dias fazendo vários exames e os médicos confirmaram que piorei minha lesão no cotovelo com minha aventura na Austrália".

"Depois da lesão em Wimbledon sabia que seria difícil voltar. Decidi me manter jogando pra dar tudo para superar o problema. Mas os últimos meses foram duros. As dúvidas só aumentaram com o tempo e somente meu retorno às quadras me daria respostas. Infelizmente não era a respostas que estava esperando".

"Sofri muito na última semana e a cada dia a dor aumentava. Meus médicos me mostraram que meu cotovelo está muito frágil e assim minha paixão e profissão no alto nível não podem continuar".

"Estou em choque. Mesmo com o trabalho feito nos últimos sete meses tive que entender a razão para isso. Tenho que aceitar que minha carreira aqui...finalmente termino. Mesmo que eu tenha retornado com um enorme espírito de luta".

Henin ainda pediu desculpa aos fãs. O principal objetivo de sua volta era vencer Wimbledon, único Slam que lhe faltava: "Me desculpe. Esperava um retorno diferente e sonhava com um final melhor. Vou precisar de um tempo para processar tudo isso, mas confesso que meu nível de jogo não veio de acordo com as expectativas".

"Viro uma página incrível de minha vida. Tive viagens maravilhosas nesses anos. Hoje estou mais calma e posso criar algo positivo quando olho pra trás nessa minha experiência de vida. Agradeço a todos que me apoiaram e estiveram perto de mim", concluiu a tenista que encerra a carreira ao 28 anos.

A WTA, entidade que cuida do tênis feminino, não esqueceu que prestar reverência: "Justine Henin é uma das grandes tenistas de todos os tempos. É uma grande embaixadora do tênis feminino dentro e fora de quadra através de seu espírito de luta, coragem e sucesso e adquiriu milhões de fãs no mundo inteiro", disse Stacey Allaster, presidente da Associação das Tenistas Profissionais.
banner
banner