X

Wozniacki reclama de jornalistas e rouba cena em coletiva de imprensa

Sexta, 21 de janeiro 2011 às 03:41:23 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A coletiva de imprensa da número um do mundo Caroline Wozniacki começou de forma diferente hoje à noite. Após ser chamada de “chata” e “entediante” por jornalistas, ela resolveu iniciar a sua entrevista com um pequeno monólogo, dizendo que se suas respostas eram chatas, a culpa era das perguntas.

“Ontem me falaram que a imprensa acha que as minhas coletivas são chatas. Que eu sempre dou a mesma resposta. Eu achei engraçado, sabe, eu sempre escuto as mesmas perguntas. Então hoje eu que vou começar. Eu já sei o que vocês vão dizer, então eu vou começar pelas respostas”, discursou a dinamarquesa.

Mesmo antes de perguntarem, Wozniacki expressou a sua opinião sobre a performance em sua partida contra Dominika Cibulkova. E não parou por aí. A dinamarquesa contou sobre o que ela achava do seu nível de tênis, de como ela se sentia com a raquete e nova e se ela crê que merece a posição de número um do ranking. Deixada as “perguntas óbvias” para trás, começou a coletiva.

Wozniacki dá conselhos para diminuir o aquecimento global. Banho de 2 minutos!

As perguntas que apareceram variaram desde como melhorar o aquecimento global, até o que Wozniacki espera de um homem e se ela sabe tocar piano.

“Aquecimento global? Eu viajo bastante então eu acho que isso não ajuda muito”, disse a dinamarquesa rindo. “Faça carros que não utilizem muita gasolina. Elétrico. Em vez de usar o carro, ande de ônibus ou trem. Quando tomar banho, não fique lá por meia hora. Dois minutos é o suficiente. Até para mulheres.”

Um dos jornalistas perguntou a tenista de 20 anos quando ela planeja se casar e quantos filhos ela quer ter. Wozniacki respondeu que precisava achar um homem primeiro. Alguém honesto.

“Espero um homem honesto que seja compreensivo sobre o que eu faço. Talvez um atleta. De vez em quando, a imprensa aqui é tão atraente que eu não consigo focar no que responder”, contou a número um do mundo rindo. Após elogiar os jornalistas locais, a dinamarquesa respondeu todas as perguntas feitas.
banner
banner