X

Monfils ressurge das cinzas e passa pela estreia em Melbourne

Segunda, 17 de janeiro 2011 às 02:16:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O francês Gael Monfils, número 12 do mundo, esteve bem perto de conseguir ser o primeiro cabeça de chave a ser eliminado do Australian Open 2011. Mas ele ressurgiu das cinzas e virou para cima do holandês Thiemo De Bakker, 47º no ranking, por três sets a dois, com parciais de 6/7(5) 2/6 7/5 6/2 6/1, após 3h38min.

Décimo segundo favorito ao título, Monfils chegou a estar perdendo o terceiro set por 5/3, com quebra de vantagem para o adversário. Só que foi justamente nesse momento que De Bakker resolveu fazer tudo errado. Foram três erros não forçados e uma dupla falta para perder o serviço e colocar o francês novamente na partida.

Isso acabou sendo suficiente para Monfils ganhar bastante confiança e passar a dominar as ações. Cabisbaixo e mostrando muita irritação com a chance desperdiçada, De Bakker apenas viu o seu rival voar em quadra, marcar três parciais em sequência e garantir vaga na próxima fase do torneio, onde vai enfrentar o uruguaio Pablo Cuevas ou o português Frederico Gil.

Quem não teve a mesma sorte de Monfils foi o norte americano Sam Querrey. Décimo oitavo pré-classificado, ele foi eliminado pelo polonês Lukasz Kubot, em confronto decidido apenas na quinta etapa, com parciais de 5/7 6/2 3/6 6/1 8/6.

Já o argentino Juan Monaco, que ocupa atualmente a 28ª colocação na lista da ATP, aproveitou a desistência do francês Julien Benneteau, com uma lesão no punho direito, e despachou o lucky loser alemão Simon Greul, mero número 131 do mundo, por 7/6(5) 7/6(4) 6/2.

Na próxima fase do primeiro Grand Slam da temporada, enquanto Kubot irá medir forças com o ucraniano Sergiy Stakhovsky, responsável por aplicar 6/2 6/3 6/4 no alemão Daniel Brands, o sul-americano terá pela frente o holandês Robin Haase, que passou pelo também argentino Carlos Berlocq, por 6/4 6/3 7/6(5).
banner
banner