X

Aprendizado acontece dentro e fora das quadras em Barcelona

Terça, 27 de julho 2010 às 21:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Na sede de Barcelona da Academia Sanchez-Casal, o aprendizado dos 32 campeões da Copa Itaú de Tênis Escolar e Universitário 2010, que estão na Espanha graças ao prêmio oferecido pela competição, vai além das quadras.

As atividades se completam com aula de idioma, inglês ou espanhol, de acordo com a escolha de cada atleta, e nos Laboratórios de Vídeo, onde os jovens podem acompanhar detalhes dos treinamentos de tênis, com análises individuais e em grupo.

A diretoria da Sanchez-Casal acredita que conhecer novos idiomas é importante para que o atleta cresça pessoal e profissionalmente, por isso, durante as aulas apostam em atividades práticas. "Nós, que trabalhamos com alunos-atletas internacionais, temos como objetivo ajudá-los a obter o máximo de aprendizado por meio de um sistema de ensino americano, onde são definidos objetivos, uma disciplica que é focada na sala de aula e nas quadras", disse Michael Smith, diretor da Schiller International School.

Nos Laboratórios de Vídeo, as aulas têm sido bastante produtivas para os tenistas interessados em elevar seu nível de jogo dentro de quadra. "Eu gosto de aprender coisas novas e ver as coisas no vídeo é novo para mim. Essas semanas na Academia Sanchez-Casal estão sendo muito boas porque estou treinando duro, aprendendo a cada dia e vendo os outros tenistas, cada um com seu próprio estilo", disse Lara Isis Oliveira, de 11 anos.

Lançada em 2009, a Copa Itaú de Tênis Escolar e Universitário tem a proposta de unir esporte e educação em uma competição destinada exclusivamente a estudantes de instituições de ensino público e particular, divididos entre as categorias universitária, 12 anos, 14 anos e 18 anos. Nesta temporada, o evento promoveu disputas estaduais no Paraná, em São Paulo, no Rio Grando do Sul e no Rio de Janeiro, sempre com inscrições gratuitas. Como prêmio, os jovens viajaram à Espanha no dia 17 de julho com todas as despesas pagas e o retorno do grupo ao Brasil está previsto para o dia 31 deste mês.

Os Contemplados - A lista de contemplados com o prêmio da Copa Itaú de Tênis Escolar e Universitário 2010 inclui tenistas já consagrados e até medalhista pan-americana, como é o caso da carioca Joana Cortez (Estácio de Sá), até jovens que nunca saíram do país, como o paulista Leandro Queiroz (Unitalo). O quadro de campeões que estão na Espanha se completa com outros 30 destaques. Nos 12 anos estão os paulistas Igor Schattan (C. Jean Piaget) e Ana Luíza Farinha (C. São Luís), os paranaense Eduardo Zukovski (C. Sapiens) e Lara Oliveira (C. Santa Cruz), os cariocas Vitor Leal (Esc. Mod. Campos) e Nicole Souza (C. Anglo-Americano) e os gaúchos Natália Chundo (C. Farroupilha) e Orlando Luz (E.E. Princesa Isabel); nos 14 anos aparecem os paulistas Osni Santos Jr. (C. Progresso) e Giovanna Mirshawka (C. Pentágono), os paranaenses Marcelo Tebet Filho (C. Marista) e Jéssica Lee (C. Marista), os cariocas Lucas Biato (C. Palas) e Beatriz Lima (CEAT) e os gaúchos Stefano Blatt (C. Sinodal) e Suellen Abel (C. Fundação Evangélica); nos 18 anos, os paulistas Lucas Vaz (C. Fleming) e Manoela Chiacchio (Soc. Campineira), os paranaenses Fernanda Amaral (C. Positivo) e André Tavares (Instituto de Identificação do Estadual de Maringá), os cariocas Pietro Jordão (C. Anglo-Americano) e Juliana Gonçalves (C. Braga Carneiro) e o gaúcho Gabriel Friedrich (C. Centenário); e no universitário estão os paranaenses Valter Mori (FAE) e Larissa Miura (UFPR), os cariocas Felipe Lemos (PUC) e Joana Cortez (Universidade Estácio de Sá) e os gaúchas Yuri Radomsky (PUC) e Cátia Allebrandt (Unisinos) e a paulista Daniela Monfredini (Fefisa).
banner
banner