X

Thiago Pinheiro é o campeão Brasileiro dos 18 anos

Sábado, 17 de julho 2010 às 16:10:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O Campeonato Brasileiro Infanto-juvenil 2010 conheceu seus campeões neste sábado, no encerramento do Mês do Tênis de Brasília, na Academia de Tênis Resort, na Capital Federal. Em jogos duros e bem jogados, foram definidos os novos campeões nacionais nas categorias 12, 14, 16 e 18 anos, masculino e feminino.

Nos 12, duas jovens promessas do tênis brasileiro levaram o título. No feminino, a mineira Giovanna Caputo confirmou sua ótima semana e aplicou 6/2 6/0 na paranaense Gabriela Rezende. No masculino, o título ficou com o paranaense Flávio Tonon Filho, que teve apoio dos amigos para vencer o paulista Guilherme Scarpelli por 6/2 6/1.

"Estou muito feliz, meus amigos estavam comigo o tempo todo e eu acho que joguei muito bem", disse Tonon Filho, depois de ver a quadra invadida pela sua torcida depois do ponto final, aos gritos de "É Campeão".

Nos 14, o primeiro campeão já havia sido definido na sexta, depois da desistência de Marcelo Tebet Filho, deixando o título com Guilherme Zago. Na final feminina, o título caiu nas mãos de Mariana Humberg, que fez final de paulistas contra Natalie Silveira e venceu por duplo 6/2. "Eu me preparei muito para conquistar esse título, estou muito feliz", disse a campeã.

Nos 16 anos feminino, a gaúcha Luísa Rosa levantou seu primeiro título nacional depois de vencer a paranaense Eduarda Santos por 6/3 6/4. Emocionada, Luísa comemorou o feito. "Há alguns anos eu vinha aqui, perdia na primeira rodada e ficava pensando como devia ser bom ser campeã brasileira. Hoje eu consegui, estou muito, muito feliz", disse a gaúcha.

No masculino, a torcida brasiliense se dividiu na final entre Pedro Dumont e Pedro Wagner. Em jogo de saques fortes e poucas quebras de saque, Dumont conquistou seu primeiro título do Brasileirão com 6/4 7/6(5). "Eu joguei uma ótima semana, é muito bom conquistar um título tão grande depois de tanto tempo. Isso quer dizer que estou no caminho certo", concluiu o brasiliense.

Finalmente nos 18 anos feminino, a catarinense Flávia Bueno derrotou a gaúcha Gabriela Cé com duplo 6/4, em sua despedida do circuito juvenil. Flávia e Gabriela jogam na próxima semana a terceira etapa do Circuito Brasileiro de Tênis Feminino, evento do circuito ITF profissional, com convites oferecidos pela organização do Brasileirão e pelo Departamento Infanto-juvenil da CBT.

"Estou muito emocionada. Fiz um bom jogo, a Gabriela é uma adversária dura, e é minha despedida do juvenil. Acho que agora vou melhorar a confiança e tentar ir bem também no profissional", disse Bueno, que já havia conquistado a categoria 14 anos feminino do Brasileirão.

A final dos 18 anos, entre os paulistas Thiago Pinheiro e Maurício Antun, terminou com o bicampeonato de Pinheiro, que em 2009 havia sido campeão dos 16 anos. Com 6/1 6/4, Thiago definiu o segundo vice-campeonato seguido de Antun no Brasileirão, e disse que a conquista é a chave para um bom resto de temporada.

"Tive mais uma semana ótima. Foi quase uma repetição do último título, mesma quadra, mesmo lado no último ponto. Estou muito feliz, tenho uma família que me apoia, treinadores que me ajudam, amigos. Espero embalar e voltar de novo em 2011 pra tentar o tri", concluiu Thiago, único bicampeão brasileiro consecutivo desta edição.
banner
banner