X

Emilio Sánchez rebate Meligeni e pede união no tênis brasileiro

Sexta, 26 de março 2010 às 17:06:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O Coordenador do Tênis do Brasil, Emílio Sánchez, publicou nesta quinta-feira em seu blog pessoal seu primeiro post em português, falando sobre seu trabalho de coordenação do tênis brasileiro e de renovação da Confederação Brasileira de Tênis, entitulado "Pela União do Tênis Brasileiro". Meligeni pede transparência da CBT

"Todas estas áreas são fundamentais para o desenvolvimento do tênis neste país, mas acima de tudo deve-se haver um espírito de união entre todos, que é o que a gente está incentivando que aconteça. Eu não estarei tranqüilo até que todos os envolvidos com o tênis brasileiro estejam unidos", escreve ele.

Emilio também cita a publicação do balanço 2009 da entidade, que acontece após a Assembléia Geral Ordinária deste sábado (27/03). Todos os balanços da CBT desde 2004 estão publicados no site da entidade, na parte institucional da home, no endereço: http://cbtenis.com.br/Default.aspx?idPagina=RLwY0vSSb7s=

O espanhol ainda defende o presidente da CBT, Jorge Lacerda Rosa, e critica Fernando Meligeni, um dos nomes que mais cobra transparência por parte da entidade.

"Não compreendo as críticas ao presidente, tão focado neste projeto, sempre disposto a ajudar no meu trabalho de coordenador do tênis brasileiro e dando toda a liberdade para trabalhar e fazer o que se deve fazer; tenho certeza que quando se trabalha no final haverão resultados", acrescentou ele.

"Por último, quero fazer referencia a preocupação de Fernando sobre o salário pago pela CBT pelo meu trabalho, não seria mais importante que ele estivesse preocupado com o tênis brasileiro? Não deveria perguntar em que eu tenho ajudado? Se sou necessário? Surpreende-me que apos ganhar um torneio de tênis, um momento tão gratificante para um jogador de tênis, se preocupou em lembrar de quanto é o meu salário", finalizou.
banner
banner