X

Mello, Daniel e Alves jogam challenger de Blumenau

Quarta, 24 de março 2010 às 17:14:29 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A edição 2010 do Aberto de Tênis de Santa Catarina contará com pelo menos sete brasileiros na chave principal, de acordo com a lista divulgada pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

O challenger vai oferecer premiação total de US$ 35 mil, mas contará pontos para o ranking mundial como um evento de US$ 50 mil por oferecer hospedagem aos tenistas da chave principal. O torneio será realizado de 10 a 18 de abril nas quadras de saibro do Tabajara Tênis Clube, em Blumenau.

Ricardo Mello, Marcos Daniel, Thiago Alves, Julio Silva, Ricardo Hocevar, André Ghem e Caio Zampieri já estão garantidos no evento, mas o número de brasileiros deverá ser maior a partir da divulgação dos quatro wild cards (convites) e após a disputa do qualifying. Dos 20 melhores brasileiros no ranking de simples da ATP, nada menos que 16 jogadores estão inscritos. "Pelos nomes dos tenistas já podemos ter ideia de como será o nível técnico do Aberto de Santa Catarina deste ano. Isto é altamente positivo para o tênis brasileiro", afirma Ennio Lopes Moreira, diretor da Protenis Promoções Esportivas, organizadora do evento.

Também será destaque a presença do chileno Nicolas Massu, atual 89º da lista da ATP, mas que já foi o 9º melhor tenista do mundo em 2004, mesmo ano em que venceu os Jogos Olímpicos de Atenas. Completam a lista dos pré-classificados, de acordo com o ranking, os tenistas Blaz Kavcic (SLO/96), Juan Pablo Brzezicki (ARG/168), Diego Junqueira (ARG/180), Carlos Berlocq (ARG/220), Andreas Haider Maurer (AUT/224), Marco Crugnola (ITA/230), Marcel Felder (URU/236), Guillermo Alcaide (ESP/244), Guillermo Olaso (ESP/247), Pavol Cervenak (SVK/254), Gabriel Trujillo Soler (ESP/262), Reda El Amrani (MAR/265), Simone Vagnozzi (ITA/271) e Bastian Knittel (GER/274).
banner
banner