X

Nadal, endiabrado, bate Berdych e disputa vaga na final de Indian Wells

Sexta, 19 de março 2010 às 02:10:00 AMT

Link Curto:

Nadal - Indian Wells 10 IV
Na madrugada desta sexta-feira, noite de quinta na Califórnia, o número 3 mostrou fome e em uma bela apresentação derrotou o tcheco Tomas Berdych, 25o. colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 6/4 7/6 (7/4) após 2h11min. Sou mais completo do que antes, diz Nadal

O espanhol jogou um ótimo tênis e mesmo tendo características mais defensivas, fez um winner a mais (26 a 25) e ainda cometeu menos erros (19 a 30). Rafa conseguiu sua sétima vitória em dez partidas contra Berdych, a sexta seguida (não perde desde o Masters de Madri em 2006).

Nadal entrou com uma postura agressiva diante de Berdych atuando dentro de quadra com bolas fundas, altas e sempre que possível partindo pro ataque. Ele cometeu 12 erros, mas mesmo assim encaixou 14 winners e colheu frutos. Conseguiu uma quebra para fazer 2/0, teve três breaks e desperdiçou após 15 minutos de um quinto game. no sétimo game Berdych empatou com erros do espanhol e um winner de direita de Tomas, mas logo a seguir Nadal focou e quebrou de zero com um winner de forehand paralelo. No último game um erro de direita de Berdych deu o set por 6/4 após 1h02min.

O jogo continuou bem disputado na segunda etapa com o tchedco elevando um pouco o nível do saque. Nadal conseguiu uma quebra no sétimo game após resposta funda e afobamento do adversário. Tudo definido ? Que nada. Berdych partiu pra cima, contou com dois erros de Rafa, abriu 0/40 e no último break-point conseguiu ótimo contra-ataque para igualar em 4/4. Os dois foram confirmando até o tie-break. Berdych abriu 3 a 1, mas sofreu a virada e com uma dupla-falta deu a vantagem de 5 a 4 para o natural de Manacor que sacou bem, colocou a cara na rede e venceu com erro na tentativa de passada do oponente: 7/6 (7/4) e muita vibração de Nadal.

O atual campeão de Indian Wells que chegou um tanto desacreditado após ficar 45 dias longe das quadras se recuperando de nova lesão no joelho - sofrida na partida contra Andy Murray no Australian Open - lutará por uma vaga na decisão no próximo sábado diante do veterano Ivan Ljubicic, de 31 anos, que marcou 4/6 6/2 6/1 sobre o argentino Juan Monaco.

Em seis jogos no circuito, o tenista de 23 anos ganhou cinco tendo perdido apenas a primeira no ATP de Doha (Qatar) em 2005. O último encontro foi nas quartas do Masters 1000 de Xangai (China) em 2009. Nadal empatava com 3/6 6/3 quando o tenista do leste europeu sentiu uma lesão e abandonou.
banner
banner