X

Safin desbanca Federer em grande partida

Quinta, 27 de janeiro 2005 às 12:11:43 AMT

Link Curto:

Safin x Federer
Mais um fantastico jogo na Rod Laver Arena, principal quadra do complexo de Melbourne Park. O russo Marat Safin, número 4 do mundo, desbancou Roger Federer por 3 sets a 2 parciais de 5/7 6/4 5/7 7/6 (8/6) 9/7 em mais de quatro horas de jogo.


Foi a primeira derrota de Federer no circuito desde os Jogos Olímpicos de Atenas em agosto/2004. Foi também a primeira derrota do suiço em Grand Slams desde o jogo contra Gustavo Kuerten na terceira rodada de Roland Garros 2004.

Safin repete a final do ano passado quando derrotou Agassi em 5 sets na semi e perdeu fácil para o próprio Federer na final em 3 sets.

O jogo foi fenomenal. Ambos demonstraram extremo equilíbrio do início ao fim da partida. O russo precisou de 7 match-points para fechar o jogo, tendo salvo um no quarto set.

O primeiro set já se via o que poderia ser a partida. Ambos jogadores muito consistentes do fundo. Federer alternando bolas profundas e anguladas com slices e Safin com seus saques e pancadas indefensáveis do fundo. O jogo seguia equilibrado até o russo ter o saque quebrado e perder o primeiro set: 7/5.

Safin começou sacando a segunda parcial e com uma quebra de serviço venceu o set em 6/4, empatando o jogo.

No set seguinte, Federer mais uma vez aproveitou o nervosismo de Safin e quebrou na hora certa para fechar em 7/5.

No quarto set ambos sacaram muito bem e confirmaram todos os serviços. No tie-break Federer chegou a Ter 5 a 2, e 6 a 5 sacando, mas Safin salvou o match-point com um winner. O russo virou e levou a partida para o quinto e decisivo set: 7/6 (8/6).

A última parcial foi dramática. O suíço sentiu dores no braço direito e chamou por 3 vezes o fisioterapeuta para fazer massagem. O russo aproveitou a queda de rendimento do adversário e quebrou fazendo 5 a 2.

Safin teve o serviço para definir a partida. Teve dois match-points, mas falhou, errou bolas facéis e desperdiçou a chance, cedendo a quebra.

Com o jogo empatado em 5 a 5, ambos jogadores seguiram confirmando seus serviços. O russo teve mais 3 chances de matar o jogo, mas foi fechar somente na sétima oportunidade. Safin deslocou Federer com uma bola bastante angulada e depois matou o ponto com uma bola vencedora. Fim de jogo. Fim do domínio em Grand Slams para Roger. Safin tem muito o que comemorar. Além da vitória ele completa hoje 25 anos de idade.

Os números comprovam o equilíbrio da partida: Aces (22 a 16 para Federer), Duplas Faltas (8 a 1 para Federer), Erros não-forçados (60 a 59 para Safin) Winners (72 a 65 para Federer), Total Pontos ganhos (201 a 194 para Federer), Break-points convertidos (4 a 4).

O russo espera o adversário que sairá da partida de amanha entre Lleyton Hewitt e Andy Roddick. Ele busca seu segundo título de Grand Slam em sua terceira final. Sua conquista foi no US Open em 2000.
banner
banner