X

Clezar vence a primeira na Copa Gerdau

Segunda, 15 de março 2010 às 18:02:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O Brasil começou com quatro vitórias significativas nos 18 anos da Copa Gerdau nesta segunda-feira, em Porto Alegre. Os tenistas Guilherme Clezar, Augusto Laranja, Vitor Galvão e Eduardo Bencke avançaram à segunda rodada do mais importante torneio juvenil da América do Sul e que conta pontos como um evento do Grupo A para o ranking mundial da categoria.

Integrante da equipe do Instituto Gaúcho de Tênis, Guilherme Clezar eliminou o chileno Alvaro Nazal, por 7/5 e 6/1. "Estreia é sempre complicado e hoje foi um jogo duro, como eu esperava, principalmente no primeiro set. Mas mantive a minha tática desde o início e consegui o resultado que eu queria. Sempre é bom começar com vitória, ainda mais aqui em Porto Alegre, onde me sinto em casa", afirmou Clezar. Seu próximo adversário sai do confronto entre e o britânico Ashley Hewitt e o paulista Rogério Barroso Ribeiro.

O carioca Vitor Galvão conquistou também vaga na segunda rodada dos 18 anos ao ganhar do francês Mick Lescure em dois sets, parciais de 6/3 e 6/4. Galvão deixou a quadra satisfeito, pois não vinha obtendo bons resultados no circuito juvenil. “Desde que eu fiz as semifinais na etapa chilena do circuito Cosat, não conseguia encaixar o meu jogo e perdia na primeira rodada. Hoje, entrei em quadra nervoso, mas joguei com muita garra”, assegurou o brasileiro. Galvão, que completou 17 anos no dia 25 de fevereiro, garantiu que a vitória na rodada de estreia foi fundamental para aumentar sua confiança. “Agora estou mais relaxado e penso que, jogando bem, posso alcançar bons frutos. Este é um torneio muito forte e todos podem vencer”, comentou. Na segunda rodada, Galvão enfrentará o vencedor da partida entre o colombiano Juan Sebastian Gomez, oitavo cabeça-de-chave, e o checo Lukas Vrnak. “Não importa o adversário, será jogo duro”, resumiu.

GARRA - Augusto Laranja, que entrou na chave principal com wild card (convidado), teve que superar uma pequena lesão no quadril esquerdo para derrotar o coreano Hong Chung, em três sets, parciais de 6/3, 4/6 e 6/4. O brasileiro explicou que a lesão surgiu na semana passada, durante o torneio de Blumenau. “Foram sete jogos seguidos”, lembrou. Laranja voltou a sentir a lesão no segundo set, precisando de atendimento médico. “Quando a gente consegue se superar e vence é muito importante. Aumenta a confiança”, afirmou. Laranja, no entanto, observou que não fez uma boa partida, mas que valeu a garra. “Foi um jogo difícil o tempo inteiro”, observou. O próximo adversário do brasileiro sairá da partida entre o equatoriano Roberto Quiroz, 14º cabeça-de-chave, e o chileno Matias Sborowitz.

Eduardo Bencke, que também integra a equipe do Instituto Gaúcho de Tênis (IGT), venceu sem dificuldades o romeno Vasile Alexandru Ghilea por 6/4 e 6/1. Seu próximo adversário será o venezuelano Ricardo Rodrigues, que eliminou na estreia o eslovaco Juraj Masar. "Comecei um pouco nervoso e o jogo foi parelho até o 4/4. Depois consegui me soltar e jogar bem. Estou muito feliz com o resultado, pois joguei no clube onde sempre treinei até ir para o IGT", disse Bencke. Quanto ao seu próximo adversário, o tenista gaúcho não tem dúvidas de que será muito disputado. "Aqui não tem jogo fácil", afirma.
banner
banner