X

Meligeni teme saque de Philippoussis na final: 'Ele tem uma bazuca na mão'

Sábado, 13 de março 2010 às 21:50:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas, direto do Maracanãzinho

Fernando Meligeni se mostrou contente por alcançar a final do Rio Champions, torneio de veteranos disputado no Maracanãzinho após bater o sul-africano Wayne Ferreira, algoz de Marat Safin, por 2 sets a 1.

Em entrevista concedida após o triunfo, o brasileiro comentou que a vitória veio na superação: "No primeiro set joguei muito bem, depois perdi um pouco da energia na segunda etapa e acabei vencendo na superação", disse Fininho que lutará neste domingo por seu primeiro título nos seniors após vices na Turquia, Portugal e dois em São Paulo.

"Já perdi algumas finais, duas em São Paulo, uma em Portugal, outra na Turquia, não vejo como ruim. Nesse tipo de torneio tem sempre um ou dois jogadores que são cartas marcadas que vão ganhar como Pete Sampras, John McEnroe. O Safin era um deles pra esse torneio, mas perdeu, chegar na final é algo legal, mas não posso fazer milagre".

Meligeni, de 38 anos, lutará pelo caneco diante do australiano Mark Philippoussis que superou o sueco Mats Wilander nas semis. O tenista da Oceânia, cinco anos mais jovem, está prestes a voltar para o circuito profissional, algo que preocupa Meligeni além de seu potente saque: "O Philippoussis está treinando forte pra em alguns meses jogar no profissional, aí eu tenho que entrar no enrolation, tentar jogar super bem e ganhar. Ele é uma besta, tem uma bazuca na mão. É abaixar, botar o capacete e torcer pra não me acertar. Joguei duas vezes com ele e uma que não sei até agora como ganhei na Olimpíada (Atlanta 1996). É um cara difícil pra mim. Não vou jogar o game de saque dele e lutar com todas as forças no meu".
banner
banner