X
banner

Guga receberá homenagem pelos 10 anos do número 1 do mundo

Quarta, 10 de março 2010 às 19:01:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Maior tenista brasileiro de todos os tempos, Gustavo Kuerten gravou definitivamente seu nome na história do esporte ao conquistar a Masters Cup de Lisboa, Portugal, em 2000 e fechar a temporada no cobiçado posto de número 1 do mundo.

O título histórico, que completa 10 anos, será lembrado durante o Banco Cruzeiro do Sul Rio Champions, que acontece de sexta a domingo, dias 12, 13 e 14, no Maracanãzinho, Rio de Janeiro. Na sexta-feira, após o primeiro jogo do torneio, o tricampeão de Roland Garros será chamado à quadra para receber uma homenagem pelo aniversário da conquista que emocionou o país e o mundo. Os ingressos estão à venda em www.ingressomais.com.br.

A imagem de Guga erguendo o troféu da Masters Cup se transformou, ao longo dos anos, num ícone de vitória no esporte e seu discurso após a conquista - o primeiro em português, como ele destacou na cerimônia de premiação em Lisboa - até hoje é lembrado pelos fãs como uma declaração genuína de amor ao país. Primeiro tenista sul-americano a terminar o ano como número 1 do mundo, Guga permaneceu no topo do ranking por 43 semanas depois da conquista da Masters Cup.

O dono da coroa de número 1 do mundo da temporada 2000 só foi definido durante a Masters Cup, numa das disputas mais emocionantes pelo posto mais alto do tênis. O rival direto de Guga na briga pelo topo do ranking era o russo Marat Safin, justamente a maior atração do Banco Cruzeiro do Sul Rio Champions. O brasileiro começou a competição perdendo para o americano Andre Agassi e ficou em situação complicada: não poderia ser derrotado novamente e Safin não poderia vencer nenhuma partida. O que aconteceu foi justamente o contrário: Safin só sofreu derrotas e Guga venceu todos os jogos seguintes, e entrou para a história como o único tenista a vencer os americanos André Agassi e Pete Sampras no mesmo torneio.

Disputando no Rio sua primeira competição oficial depois de abandonar o circuito profissional, em novembro do ano passado, Safin deve estar presente no momento da homenagem a Guga. O russo não poupa elogios ao brasileiro, que ele descreve como “um dos rivais que mais respeitou em quadra”.

“Guga era um dos jogadores mais bacanas do circuito e um dos meus maiores rivais no início dos anos 2000. Era um dos tenistas que eu mais respeitava em quadra e uma pessoa com quem eu gostava muito de conviver fora dela. Era um jogador fora de série”, diz Safin.

Kid’s Day – Depois de receber a homenagem na sexta-feira, Guga volta ao Maracanãzinho no sábado para comandar o Kid’s Day, às 15h. O tricampeão de Roland Garros baterá bola com as primeiras 240 crianças de 5 a 14 anos que chegarem ao ginásio. Para participar do Kid’s Day, elas devem ter ingresso para as partidas do dia e estar acompanhadas por um adulto pagante. Na ocasião, as bilheterias do Maracanãzinho serão abertas às 13h. Não é preciso ter conhecimento prévio de tênis ou levar material específico para a atividade – mas os que já tiverem contato com o esporte podem ir devidamente equipados. A participação é por ordem de chegada e as primeiras 240 crianças receberão uma camiseta que dará direito à participação no evento.
banner
banner