X

Soderling abre o placar para a Suécia, mas Argentina empata

Sexta, 05 de março 2010 às 13:50:00 AMT

Link Curto:

Robin Soderling x Argentina 10
Robin Soderling, vice-campeão de Roland Garros e número 7 do mundo, confirmou o status de favorito e marcou o primeiro ponto para a Suécia contra a Argentina no piso rápido coberto de Estocolmo na primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis.

O melhor rankeado da série bateu Eduardo Schwank, 64o. colocado da ATP, por 3 sets a 0 com parciais de 6/1 7/6 (7/0) 7/5 após exatas 2h30min de duração.

Na primeira etapa domínio total do sueco que saiu se impondo com bolas fundas aproveitando o braço curto do oponente que fazia sua primeira partida de Copa Davis. A primeira quebra veio com erro forçado de Schwank para abrir logo 3/0 e tornar a quebrar com dupla-falta do argentino. Com 5/1, um ace definiu a parcial em 26 minutos. Soderling encaixou 12 winners contra sete de Schwank e errou bem menos (quatro a dez).

Schwank conseguiu uma pouco mais de agressividade e consistência na segunda etapa surpreendendo com algumas subidas à rede. Ele teve o saque quebrado e Soderling abriu 4/3, mas o sueco não conseguiu confirmar a vantagem e sofreu a virada. O tenista da casa teve outra chance ao quebrar com 6/5, mas jogou um game horrível com erros grotescos e possibilitou o tie-break. No desempate ele viu o argentino começar errando e abriu confortáveis 6 a 0 para fechar por 7/6 (7/0) após 1h07min com winner no contra-pé.

No terceiro set Schwank controlou melhor o serviço e teve que se lirar apenas de um break no oitavo game. Mas, no 12o. game, falou mais alto a experiência do top 10 que partiu pra cima, conseguiu match-points e fechou o jogo com winner de devolução cruzado de revés: 7/5.

Para o segundo jogo do dia, o capitão sueco Thomaz Enqvist apostou no experiente e bom sacador Joachim Johanssson e se deu mal. O ex-top 10 e atual número 373 do mundo acusou a falta de ritmo por pouco atuar no circuito e caiu diante do ascentende Leonardo Mayer (73º) em quatro sets, de virada, com parciais de 5/7 6/3 7/5 6/4.

Essa foi a primeira vitória de Mayer na competição logo em sua primeira partida de simples (ano passado havia perdido nas duplas ao lado de Jose Acasuso contra os tchecos Stepanek e Berdych).

Amanhã acontece a partida de duplas entre Robin Soderling e Robin Lindstedt, pelos anfitriões, e Leonardo Mayer e Horacio Zeballos, pelos visitantes. Contudo, existem boas chances de David Nalbandian, que chegou de última hora após melhorar de lesão, formar a dupla com Zeballos.

A Argentina está desfalcada de Juan Martin Del Potro e Juan Monaco.
banner
banner