X

Preparativos finais para o future de São Leopoldo

Quinta, 15 de outubro 2009 às 13:02:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O São Leopoldo Tênis Clube já vive o clima de mais um evento internacional. A Copa Ecco Interiores São Léo Open de Tênis, que começa no próximo sábado (17) com a disputa do qualifying, pretende repetir o sucesso das edições anteriores e assegurar novamente a posição de melhor torneio future realizado em solo brasileiro nos últimos dois anos.

Todas as dez quadras (sendo duas cobertas) estão preparadas para o evento, assim como o camarote VIP destinado aos patrocinadores e convidados especiais. A expectativa é de que a partir desta sexta-feira os tenistas já compareçam em grande número para a assinatura do qualifying junto ao árbitro Roberto Almeida.

WILD CARDS - Os tenistas Eduardo Bencke, do Instituto Gaúcho de Tênis, campeão do Torneio da Páscoa disputado em Pelotas, e Yuri Radomski, que nesta quarta-feira ficou com o título da Copa Thomás Engel de Tênis ao vencer Guilherme Cunha por 7/5 e 6/3, são os dois atletas já agraciados com o wild card (convites). O próximo nome deverá ser anunciado até o final de semana pela Quadra Eventos, organizadora da competição, e o quarto nome será definido pela Confederação Brasileira de Tênis, que seguirá critérios técnicos para a indicação. "O certo é que a Copa Ecco Interiores São Léo Open terá uma chave muito forte neste ano. Há jogadores inscritos de vários países e a tendência é de bons confrontos na luta pelo título. Por isto estamos preparando toda a estrutura necessária para um torneio novamente marcante em São Leopoldo", explica o diretor da Quadra Eventos, José Carlos Ferreira Júnior. br>
A Copa Ecco Interiores São Léo Open terá a chave principal sendo disputada entre os dias 19 a 25, nas quadras de saibro do São Leopoldo Tênis Clube, com ingresso gratuito. A premiação total é de US$ 10 mil, mas o evento será válido como uma competição de US$ 15 mil por oferecer hospedagem aos integrantes da chave principal. br>
Os 18 pré-classificados, de acordo com o ranking, são Juan-Pablo Amado, Juan-Manuel Valverde e Martin Benitez, da Argentina; Pedro Sousa e Gonçalo Falcão, de Portugal, Emilio Gomes, do Equador, Christian Lindell, que joga pela Áustria, além dos brasileiros Alexandre Bonatto, Eladio Ribeiro Neto, Rodrigo Grilli, Ricardo Siggia, Gustavo Junqueira de Andrade, Diego Matos, Danilo Ferraz, João Wiesinger, Carlos Eduardo Severino, Renato Silveira e Fabricio Neis.
banner
banner