X

Federer vence reedição da final em Paris e vai às quartas

Segunda, 29 de junho 2009 às 11:20:00 AMT

Link Curto:

Federer - Wimbledon 09 V

Leia Mais:
Federer não quer subestimar Karlovic
Karlovic elogia Federer e diz que comemorará dançando caso ganhe
Blog - Federer precisa se cuidar com o gigante
Wimbledon se preocupa com gripe suína. Boleiros são dispensados

Pela 11a. vez em 11 jogos Roger Federer saiu vencedor em duelo contra o sueco Robin Soderling. O número dois do mundo teve trabalho e em um jogo equilibrado foi melhor nos momentos cruciais e marcou 6/4 7/6 (7/5) 7/6 (7/5) após 1h58min sobre o 12o. colocado em partida que foi a reedição da final de Roland Garros e valeu vaga nas quartas de final de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada.

O jogo como um todo foi um duelo de saques. Federer deu 23 aces contra 16 do rival e ao todo tivemos quatro chances de quebra para o natural da Basiléia e apenas duas para o tenista de Tibro.

Federer foi bastante regular, cometeu apenas 8 erros contra 25 do rival e ao mesmo tempo não ficou tão atrás em winners encaixando 34 bolas vencedoras contra 38 de Soderling. Soderling conseguiu pressionar em um game na metade do primeiro set quando teve duas igualdades, mas não conseguiu break. No nono game o saque do sueco não entrou tanto, ele cometeu erros e no terceiro break, cometeu erro de direita e Federer conseguiu quebra decisiva para finalizar por 6/4 em 33 minutos.

Nenhum tenista teve chances de quebra na segunda etapa. Soderling teve um 15/30 e Federer um 0/30, mas ambos se safaram bem. O jogo foi para o tie-break, um erro do sueco levou Federer a ficar com 5 a 3, mas o nórdico empatou pressionando do fundop. Todavia no 5 a 6 contra, Soderling errou direita boba e entregou o ouro: 7/6 (5) Federer após 43 minutos.

Na terceira etapa Federer teve um break salvo pelo rival logo no início e Soderling teve uma chance de ouro no 4/4 quando Federer jogou muito com o segundo serviço. Ele perdeu dois breaks, um deles errando devolução no segundo serviço e outro com bom saque de Roger. O jogo foi a mais um tie-break e Robin não pode reclamar das chances que teve. Abriu duas mini-quebras de vantagem, mas deixava Federer empatar. A primeira com erro de direita em bola fácil e o segundo com grande contra-ataque de Federer. No 5 a 5 ele deu uma dupla-falta cedeu o match-point ao pentacampeão de Wimbledon que não desperdiçou: 7/6 (5).

Federer segue a passos largos atrás do hexacampeonato na grama do All England Club, o que poderia ser seu 15o. Grand Slam para ultrapassar Pete Sampras. O título lhe devolveria a condição de número 1 do mundo.

Federer abre 11 a 0 sobre Soderling. O último set e único perdido pelo dono de 59 troféus foi em 2005 na grama de Halle. De lá pra cá foram sete triunfos e 21 parcias vencidas.

O próximo passo precisa ser dado contra o grandalhão Ivo Karlovic, de 2,08m, que bateu o espanhol Fernando Verdasco por 3 sets a 1 com parciais de 7/6 (7/4) 6/7 (7/4) 6/3 7/6 (11/9). No confronto direto entre eles, o suíço lidera com oito vitórias em nove jogos.
banner
banner
banner