X

Alves aproveita ajuda de Nadal, bate Pavel e avança em Wimbledon

Terça, 23 de junho 2009 às 13:55:00 AMT

Link Curto:

Thiago Alves - Roland Garros 09
Leia Mais:
Alves se aproxima do top 100 com campanha na Inglaterra
Brasileiro quer jogar mais solto contra número 7 do mundo

Foi sofrido, mas o brasileiro Thiago Alves garantiu vaga na segunda rodada do torneio de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada jogado sobre o piso de grama. Nesta terça-feira, o número dois do país e 118 do mundo precisou de 2h20min para superar o romeno Andrei Pavel, 907o. colocado, por 3 sets a 2 com parciais de 6/3 2/6 6/1 2/6 6/1.

Alves havia perdido na última rodada do qualifying para o austríaco Alexander Peya, mas ganhou vaga na chave como lucky-loser após a desistência do atual campeão, o espanhol Rafael Nadal. Com a modificação na chave, o paulista de São José do Rio Preto caiu para enfrentar o veterano de 35 anos que participa de Wimbledon com o ranking protegido (dado aos tenistas que ficam mais de seis meses fora das quadras. É feita uma média de seu desempenho nos meses anteriores a parada) e que nesta temporada havia até anunciado a aposentadoria, iniciou o trabalho como capitão de seu país na Copa Davis, mas resolveu jogar nas últimas semanas.

O jogo entre Alves e Pavel foi de altos e baixos de ambos com as parciais ímpares favoráveis a Alves.

Foram 27 minutos de uma primeira parcial dominada por Thiago. Ele conseguiu a quebra no quinto game após Pavel ter 40/15 e cometer erros. O brasileiro abriu 4/2, teve 0/40, não aproveitou e no nono game partiu pra cima depois de Pavel liderar 30/0 para no primeiro set-point fechar por 6/3. O brasileiro foi cinco vezes à rede e venceu todos os pontos, errou 7 bolas contra 8 do rival, encaixou 9 winners contra 9 de Pavel e fez um ace contra 4 do oponente.

O romeno deu o troco na segunda parcial. Conseguiu duas quebras pra cima de Alves, uma no terceiro e outra no sétimo game. Pavel encaixou 9 winners contra 3 de Alves sendo essa a diferença da parcial que durou 29 minutos.

A terceira parcial mostrou um paulista diferente em quadra, mais agressivo (6 winners contra 7 do rival) e comentedo menos erros (4 contra 10 de Pavel). Alves conseguiu duas quebras, uma logo no segundo game, para abrir 3/0 e outra no sexto para fechar por 6/1 em 24 minutos mesmo desperdiçando dois set-points no último game.

Alves largou mal na parcial, sendo quebrado logo no quarto game e não conseguiu se impôr com a devolução como na terceira parcial. Ele foi quebrado outra vez no último game. Alves e Pavel erraram 6 bolas na parcial, mas o diferencial ficou nos 10 winners do europeu contra 6 do brasileiro.

No último set o paulista voltou a mostrar disposição e mostrou mais físico para conseguiur duas quebras com menos equívocos que Pavel. Ele abriu 4/0, teve chances de quebrar mais uma vez e concluiu por 6/1 após nova quebra.

Alves errou menos no jogo (23 contra 39 não-forçados), mas fez menos winners (29 a 40) e ganhou apenas sete pontos a mais que o oponente (124 a 117). Nas quebras o brasileiro aproveitou 7 de 16 chances contra 4 de 8 de Pavel.

Esta é a primeira participação de Thiago em Wimbledon e sua terceira vitória em Grand Slams. No ano passado e em 2006 ele havia obtido triunfos na primeira rodada do US Open (na última temporada um jogo dramático de cinco sets contra o chileno Paul Capdeville).

Esta também é a primeira vitória de um brasileiro em um Major na temporada. No Aberto da Austrália e em Roland Garros, Marcos Daniel e Thomaz Bellucci ficaram pela primeira rodada e em Paris o prórpio Alves e o gaúcho Franco Ferreiro também perderam. Alves agora encontrará o francês Gilles Simon, oitavo favorito ao título e sétimo do mundo, que confirmou favoritismo diante do americano Bob Reynolds ao marcar 6/4 6/3 6/3.
banner
banner
banner