X

Djokovic sofre por 3h28 para eliminar francês na estreia

Segunda, 22 de junho 2009 às 16:00:00 AMT

Link Curto:

Novak Djokovic - Wimbledon 09
O sérvio Novak Djokovic, número quatro do mundo, precisou suar muito a camisa para vencer na estreia de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada disputada sobre as quadras de grama do All England Club. O sérvio necessitou de 3h28min para superar o francês Julien Benneteau por 3 sets a 1 com parciais de 6/7 (10/8) 7/6 (7/1) 6/2 6/4. Djokovic se diz relaxado por ter menos pressão para título

O primeiro se foi muito equilbrado. Confirmando seus serviços com facilidade, a parcial segui sem breaks até o 11º game, quando Benneteau se viu com um set-point contra no saque. Mas depois de salvar a chance do rival, ele confirmou o serviço e em um tie-break muito equilbrado surpreendeu o atual número 4 do mundo vencendo com bela passada e marcando 7/6 (10/8) em 1h01min.

Na segunda etapa o equilíbrio persistiu e novamente a decisão foi para o desempate. Contudo, desta vez o natural de Belgrado acabou com o equilíbrio de forças e dominou completamente as ações, fechando com um tranquilo 7/6 (7/1) em 49 minutos após winner de devolução.

O terceiro set começou equilibrado e com mais chances para ambos os lados. Djokovic se viu em situação delicada quando salvou dois breaks no primeiro game, mas na sequência o natural de Belgrado ganhou moral, conseguiu duas quebras e abriu 4/0. Benneteau ainda sentiu uma lesão na virilha no terceiro game após uma queda em quadra e precisou ser atendido. Confiante e mais consistente, 'Nole' abriu 5/0 e quase deu um pneu no rival. Mas o número 81 do mundo não se entregou, devolveu uma quebra e diminuiu para 5/2. Entretando, no oitavo game, Djokovic conseguiu nova quebra e fehcou com 6/2 em 39 minutos.

Na quarta parcial Benneteau precisou salvar breaks no primeiro game e isso lhe deu confiança para fazer um set mais regular no serviço. Mesmo não ameaçando o saque de Djokovic ele manteve o equilíbrio até o oitavo game quando Djokovic desperdiçou dois breaks, um deles com erro bobo e outro com um winner na linha do francês o qual o juiz de linha havia marcado fora, mas Benneteau pediu e acertou desafio. No décimo game Djokovic botou pressão e obteve um match-point, perdeu a primeira chance e no segundo viu Benneterau escorregar e bater com o joelho no fundo da quadra caindo no chão. Ele ralou o joelho e com dores precisou novamente da presença do médico na quadra. Depois do atendimento Benneteau encaixou winner, salvou o segundo match-point, mas no terceiro cometeu erro forçado e a vitória ficou com Djokovic.

Nole abre a campanha buscando apagar o mau desempenho do ano passado quando perdeu em sets diretos para o russo Marat Safin na segunda fase. Dessa vez ele terá um qualifier na mesma rodada na quarta-feira, o alemão Simon Greul que passou pelo também qualifier americano Michael Yani por 3 a 0.
banner
banner
banner