X

Horna derrota Mello e empata confronto Brasil e Peru

Sexta, 10 de fevereiro 2006 às 18:47:32 AMT

Link Curto:

Ricardo Mello VIII
Não deu para Ricardo Mello. Como já se esperava, o número um do Peru e 69º melhor tenista do planeta, confirmou favoritismo e venceu o campineiro por um triplo 6/4 empatando o confronto Brasil e Peru em 1 a 1 neste primeiro dia de competições na cidade de Asia, cerca de 100 km ao sul de Lima. Neste sábado, Guga e André Sá buscam ponto decisivo nas duplas a partir das 14h30.


Na primeira partida do dia Flavio Saretta se impôs e não teve muitas dificuldades para fazer 6/2 6/2 6/3 em cima de Ivan Miranda. No segundo jogo, a expectativa era a mesma de Luis Horna para cima de Ricardo Mello. O brasileiro, número 149 do mundo, bem que tentou, mas continuou sua corrida de derrotas em 2006. Até o momento são cinco jogos e cinco derrotas na temporada, sua última vitória foi em setembro de 2005 na primeira rodada do US Open, contra o argentino Juan Monaco.

"Faltou devolução de saque,que a gente tinha treinado, para jogar a bola mais alta, demorei muito para pegar o "time" dessa bola. Ele aproveitou, fez o saque com muita facilidade e venceu", explicou Mello.

O capitão Fernando Meligeni concorda com Mello, mas lembra que tanto Saretta quanto Horna, souberam administrar as vantagens.

"O jogo do Saretta, apesar do placar de 3x0, não foi fácil, assim como o do Mello, que também foi difícil. Mas o Saretta e o Horna souberam vencer os pontos chaves e fechar nem as portas", disse o capitão.

Nesta sexta, Horna dominou o jogo desde o início. Bem mais agressivo e provando estar em melhor faze que o brasileiro, o peruano logo quebrou o serviço no terceiro game. No quinto game, Horna abriu outro break de vantagem e sacou 5/2 para fechar o set. Mello esboçou uma reação, devolveu uma das quebras, mas sucumbiu por 6/4.

A história do primeiro set se repetiu na parcial seguinte. Horna conquistou vantagem no terceiro game abriu 2/1 e caminhou tranquilamente para novamente fazer 6/4. O terceiro set foi um pouco mais duro para o peruano. O canhoto brasileiro sacou melhor e manteve-se firme até o sétimo game. Nervoso em quadra o campineiro cedeu a quebra e Horna abriu 4/3. Quando sacava 5/4, Mello teve três chances de quebra, mas não aproveitou e acabou derrotado: 6/4.

Este é o segundo confronto entre Ricardo e Luis. Na outra oportunidade o brazuca saiu vencedor no Challenger do Rio de Janeiro em 2001.

Neste sábado, a partir das 14h30, horário de Brasília, Gustavo Kuerten fará sua estréia em 2006 na partida de duplas ao lado do mineiro André Sá. Eles enfrentam a dupla Ivan Miranda/Matias Silva.

"Eu continuo muito confiante e acredito na nossa dupla com o André(Sá) e o Guga(Gustavo Kuerten). Esse vai ser um ponto importante, por que quem perder vai ter que ganhar os dois jogos no domingo", lembrou Meligeni que ainda voltou para a quadra para fazer um último treino com a dupla.

No domingo, às 10 horas, Flávio Saretta enfrenta Luis Horna e Ricardo Mello joga contra Ivan Miranda.
banner
banner