X
banner

Ancic vira jogo espetacular, Ljubicic faz segundo ponto

Sexta, 10 de fevereiro 2006 às 13:27:37 AMT

Link Curto:

Mario Ancic Davis
O herói está de volta! Mario Ancic, responsável pelo ponto decisivo do título da Croácia na Copa Davis 2005, virou uma partida sensacional diante de Jurgen Melzer (59º) e botou a Croácia na frente diante da Áustria. Em seguida Ljubicic marcou o segundo ponto. Já na Holanda, Tursunov e Davydenko fizeram 2 a 0 para a Rússia.


Ancic, 21º tenista do mundo, não vinha fazendo um bom início de temporada. Decepcionou ao jogar uma péssima partida na decisão em Auckland (Nova Zelândia) e caiu precocemente no primeiro Grand Slam do ano. Nesta sexta, tudo parecia perdido. Jogando fora de casa na cidade de Graz, Ancic perdia por 2 sets a 0 e atuava na quadra que menos gosta, o saibro. Mas, eis que a força de campeão da Copa Davis retornou e o croata conseguiu uma bela virada, marcando 3 sets a 2: 6/7 (7/2) 6/7 (7/4) 6/4 6/4 6/3, em exaustivos 4h31min.

Com isso, a Croácia abre 1 a 0 no confronto. Na sequência é a vez Ivan Ljubicic enfrentar Stefan Koubek na busca pela vantagem de 2 a 0.

Na segunda partida do dia, Ivan Ljubicic estreou como técnico-jogador da equipe croata com vitória fácil diante de Stefan Koubek. Em 2005, Ljubicic liderou toda a campanha do título croata na competição e no início deste ano assumiu, interinamente, o comando da equipe. No segundo confronto seguido em menos de uma semana com Koubek, novamente Ljubicic levou a melhor e aplicou fáceis 6/2 6/2 6/4 em rápidos 1h51min de jogo.

Neste sábado, a Croácia pode carimbar passaporte para as quartas da Copa Davis. A dupla-dinâmica, Ancic/Ljubicic é favorita diante de Alexander Peya/Julian Knowle.

Holanda x Rússia

Em outro confronto da 1ª rodada do Grupo Mundial, a Rússia abriu 2 a 0 diante da Holanda, que joga em Amsterdam.

Em partida equilibrada e que durou mais de 3 horas e meia, o russo Dmitry Tursunov (50) bateu o holandês Raemon Sluiter (83) por 3 sets a 1 com 6/7 6/4 7/6 7/6 e pôs a Russia em vantagem pela 1ª rodada do Grupo Mundial.

No 1º set Sluiter e Tursunov pareciam iguais em tudo, nos erros e nos acertos com 36 pontos ganhos para Raemon e 34 para Dimitry.Tanto que a partida foi para o tie break e nessa hora o holandes mostrou mais força psicológica para fazer 7 a 2 e fechar em 7/6 o set. No 2º set Tursunov se recuperou e achou seu melhor tenis ainda que as disputas de pontos fossem longas. Com uma quebra a seu favor, o russo venceu o set por 6/4, empatando a partida.

O 3º e 4º sets foram parecidos e marcados pelo equilibrio. Em ambos os sets não houve quebra e a partida foi para o tie break. E foi nesse momento que a maior experiência e força mental de Tursunov fez a diferença e o russo fechou com duplo 7/5 no tie break e fez 3 a 1 no jogo.

Nikolay Davydenko, número um da Rússia e sexto do ranking de entradas, confirmou favoritismo e com alguma dificuldade derrotou Melle Van Gemerden em três sets: 7/6 (8/6) 7/5 6/4. Neste sábado, o próprio Davydenko volta a quadra ao lado de Igor Andreev na busca pela definição do confronto diante de Raemon Sluiter/Jan Van Lottum.
banner
banner