X

Cuidado dos tenistas na grama, principais lesões e solados para cada piso

Segunda, 15 de junho 2009 às 22:25:00 AMT

Link Curto:

Gilbert Bang II

Por Dr. Gilbert Bang, membro da Society for Tennis Medicine and Science, ligada a ITF, ATP e WTA

Já é sabido que, apesar do tênis ser um esporte lembrado por usar os membros superiores, as lesões ocorrem com mais frequência nos membros inferiores e coluna vertebral. De acordo com o piso em que é jogado, as lesões podem ser mais comuns em determinados segmentos corporais.

Na grama, esperamos um jogo mais rápido, com menos trocas de bola, o saque como golpe mais determinante do que em outras superfícies, menor atrito do solo favorecendo o deslizamento e desequilíbrios na quadra e menor quique da bola.

Desta forma, existe maior atividade muscular da região lombar e membros inferiores em comparação aos jogos em outros tipos de quadra. Com isso, as lesões concentram-se nesses segmentos corporais: lombar, glúteos e piriforme (músculo situado na camada abaixo do glúteo).

Desde 2001, por uma mudança da grama e no solo de Wimbledon, o jogo tem sido pouco mais lento que nos anos anteriores e a bola tem quicado mais alto. Isso não elimina a necessidade de prevenção das lesões citadas.

Outro ponto particular de se jogar na grama é o tipo de calçado.

Feito com solado diferenciado para aumentar o atrito, o tênis usado na grama possui pequenas projeções no solado como na chuteira.

Compare os tipos de solado:



Para se jogar na grama é preciso muita força e propriocepção dos membros inferiores tanto para se sustentar e movimentar nesse piso duro e escorregadio, como também para prevenir de entorses e escorregões.

Sobre Dr. Gilbert Bang

Gilbert Bang é médico fisiatra, mestre em Ortopedia e Traumatologia, médico do Centro de Reabilitação do Hospital Albert Einstein (SP), membro da Society for Tennis Medicine and Science (STMS) e fundador da BANGSPORTS.
banner
banner
banner