X

Guga joga tênis no cinema com garotada

Sexta, 12 de junho 2009 às 09:26:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Um programa para descontrair os atletas que participam da Copa Guga Kuerten, disputada no Lagoa Iate Clube, em Florianópolis: sessão de cinema com direito ao tradicional cardápio, pipoca e refrigerante, e a presença de Guga. Essa foi a principal principal atração depois das partidas de hoje.

A sessão especial também contou com a presença das crianças que participam dos núcleos do Instituto Guga Kuerten. Mas, antes de assistir a Uma noite no museu II, mais uma rodada de jogos, dessa vez na ilha de play+stay instalada no Floripa Shopping. Guga jogou com as crianças por uma hora antes de entrar no cinema para acompanhar o filme em duas etapas, já que a quantidade de espectadores não cabia numa única sala de projeção.

COPA GUGA KUERTEN DEFINE SEMIFINALISTAS NESTA SEXTA

Nesta sexta-feira, a partir das 9h, no Lagoa Iate Clube, a Copa Guga Kuerten define seus semifinalistas. Hoje, os jogos válidos pelas oitavas-de-final tiveram confirmação de favoritismos em todas as categorias em disputa no torneio. Nos 12 anos feminino, Julia Gomide venceu a catarinense Ana Pinheiro por 61 e 6. A florianopolitana Ana Batista, segunda favorita, despachou Luiza Cançado, de Minas Gerais.

Nos 12 anos masculino, o paranaense Gabriel Sidney, primeiro cabeça-de-chave, venceu o brasiliense Bernardo Moraes por 61 e 6z3. O joinvilense Renato Rosa Jr., cabeça-de-chave número 2, aplicou 62 e 6 no cearense André Chaves e também avançou às quartas.

Nos 14 anos masculino, o mineiro e favorito Carlos Borges fez duplo 63 no amazonense Pedro Paula, enquanto o segundo cabeça-de-chave, o catarinense João Walendowsky venceu o conterrâneo Luiz Guerra por 62 e 61. Entre as meninas, a cabeça-de-chave número 1, Leciane Silva (PR) derrotou Izabella Pitta (SC) por 63 e 62 e a paulista Beatriz Haddad Maia teve facilidades para vencer a mineira Fernanda Bacha, por 6 61.

O paranaense André Tavares é outro quadrifinalista, após derrotar por 61 6 o paulista Michel Haddad. O segundo favorito, Thiago Pinheiro, precisou de três sets para vencer o gaúcho Oscar Gutierrez, parciais 64 46 64. No feminino, a favorita Marcela Valle (MG) fez duplo 61 e despachou Letícia Giudici (RS), enquanto. Stephania Haddad (SC) anotou 6 e 61 para vencer Andréa d´Ávila.

Nathaly Kurata (SP), favorita nos 18 anos feminino, venceu Karen Oliveira por 62 e 61. Já a segunda cabeça-de-chave, Marina Bohrer, caiu diante da conterrânea gaúcha Gabriela Cé por 63 e 62. O tenista de Brusque, André Baran, que já joga profissionalmente em seu último ano como juvenil, não encontrou dificuldades para vencer Bruno Santana por duplo 62.

BATE-PAPO COM JAIME ONCINS

Relembrar do dia em que venceu Ivan Lendl (número 1 do mundo em 1983 e 94 títulos de simples na carreira) na primeira rodada de Roland Garros, após ter o jogo paralisado no quinto set, quando estava 55, por falta de luz natural, foi uma das pautas de Jaime Oncins em um bate-papo realizado com os tenistas e pais durante a Copa Guga Kuerten.

Naquela ocasião, em 1992, ele voltou à quadra no dia seguinte após uma noite de apenas 40 minutos de sono e muito planejamento em mente. Venceu o ídolo e usou este exemplo para os jovens atletas a fim de ilustrar a importância da confiança e da determinação de um jogador.

Cerca de 70 pessoas participaram da conversa informal com Jaime, um dos maiores duplistas brasileiros, que participou de dois confrontos de semifinal da Copa Davis. Além do bate-papo, o ex-tenista profissional também integrou a programação de clínicas durante quarta-feira e reuniu cerca de 100 atletas na quadra.
banner
banner