X

Brasil recebe o Equador no saibro coberto de Porto Alegre

Terça, 09 de junho 2009 às 08:35:47 AMT

Link Curto:

Thomaz Bellucci x Giraldo II
A capital gaúcha será a sede do confronto entre Brasil e Equador, marcado para os dias 18, 19 e 20 de setembro deste ano, válido pela Repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis, o principal torneio entre nações do tênis mundial.

A escolha do Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, foi selada nesta terça-feira, depois de encontro entre o presidente da CBT, Jorge Lacerda, e a Opinião Produtora, representada pelo seu diretor Alexandre Lopes. A última vez que Porto Alegre recebeu a Copa Davis foi em 1998, com derrota por 3 a 2 diante da Espanha de Alex Corretja e Carlos Moya. O Brasil tinha Guga, Fernando Meligeni e Jaime Oncins na equipe.

O gaúcho Chico Costa, capitão do time brasileiro, ressaltou a importância da equipe voltar à capital gaúcha depois de tantos anos. " Faz mais de uma década que o Rio Grande do Sul não recebe a Copa Davis. Para a nossa equipe, será um prazer e uma honra jogar aqui. As condições[ jogos na quadra de saibro coberta] serão ideais para que tenhamos as melhores chances de vencer e subir para o Grupo Mundial", disse.

O Brasil lidera o confronto contra o Equador por 4 a 2 na história da Copa Davis. Porém, a vantagem brasileira no retrospecto do confronto entre as duas equipes foi conquistada apenas nos dois últimos encontros entre os dois países, em 1987 e em 2006. Os equatorianos venceram o Brasil em 1982 e 83, e o Brasil ainda teve vitórias em 1971 e 1980.

A equipe que venceu o Equador em 2006 tinha Flávio Saretta, Marcos Daniel, André Sá e Ricardo Mello, contra os irmãos Nicolas e Giovanni Lapentti, além de Carlos Avellan e Julio Cesar Campozano, exatamente a mesma equipe que venceu o Peru por 4 a 1 na decisão do Zonal Americano, em maio deste ano. Já do Brasil que venceu a Colômbia pelo mesmo placar, apenas André Sá participou do último confronto entre os países. Os outros convocados foram Franco Ferreiro, Thomaz Bellucci e Marcelo Melo.

O Brasil deixou o Grupo Mundial da Copa Davis em 2003, após derrota para a Suécia pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis. No ano seguinte, disputou a Repescagem, mas acabou derrotada pelo Canadá por 3 a 2 e não mais voltou à primeira linha de países da competição.

Disputou ainda os Play-Offs em 2006 (3 a 1 para a Suécia, em casa), 2007 (4 a 1 para a Áustria, fora) e 2008, quando perdeu por 4 a 1 para a Croácia fora de casa.
banner
banner
banner