X

Carlos Oliveira fatura título do Future de Rio Quente

Sábado, 16 de maio 2009 às 18:20:38 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Alguns esportistas desistem da carreira diante dos primeiros obstáculos. Outros, como Carlos Oliveira encontram ânimo para recomeçar, mesmo quando muitos julgam ser tarde. Aos 32 anos de idade, com ótima técnica e preparo físico, ele venceu adversários mais jovens e faturou neste sábado o título do XI Tennis Classic Rio Quente Resorts. Na final, ele venceu o segundo favorito ao troféu, o paulistas Leonardo Kirche, de 24 anos, por duros 4/6 7/5 7/6(8). "Joguei o tempo todo atrás no placar. O Kirche é um jogador que aproveita todas as oportunidades, então tive que me manter focado", ressaltou, após faturar o prêmio de US$ 1.950 e 18 pontos no ranking mundial.

Natural de Bauru, Carlos Oliveira começou no tênis aos nove anos de idade. Aos 27, deixou as competições para ministrar aulas de tênis e na temporada passada resolveu retornar aos torneios. Na estreia do Future de Rio Quente, venceu Gabriel Wanderley, por 6/2 6/1; nas oitavas superou Ídio Escobar por 6/1 3/6 7/6(6); nas quartas marcou 6/4 7/6(3) sobre Fernando Romboli; e na semi passou por Ricardo Siggia por duplo 6/3. Este é seu primeiro título em torneios profissionais. "Nem imaginava que fosse voltar a jogar como joguei esta semana. É importante nunca desistir, aceitar as derrotas, corrigir as falhas e ter persistência", disse Oliveira.

Após a final de simples, Kirche voltou às quadras rápidas do Rio Quente Resorts para a final de duplas ao lado do argentino Juan Manuel Valverde. A partida foi contra Fernando Romboli e Nicolas Santos, que venceram por 6/7(5) 6/4 10/7. Pelo título, Romboli e Santos dividiram o prêmio de US$ 945, enquanto Kirche e Valverde ficaram com US$ 495. "Minha final de simples foi bastante disputada. Qualquer um poderia ter vencido", lembrou Kirche, que enfrentou três horas de jogo em simples, o que lhe rendeu mais US$ 1.350.

RESULTADOS DESTA SEXTA-FEIRA [15/ MAIO/ 2009]
[8] Carlos Oliveira (BRA) d. [2] Leonardo Kirche (BRA) 4/6 7/5 7/6(8)
Fernando Romboli (BRA)/ Nicolas Santos (BRA) d. Leonardo Kirche (BRA)/ Juan Manuel Valverde (ARG) 6/7 6/4 10/7
banner
banner