X

Borges e Fernandes alcançam semi, Cunha cai

Quinta, 02 de fevereiro 2006 às 18:50:48 AMT

Link Curto:

Flávia Borges
A tenista Flavia Campos Borges, patrocinada pela Babolat e Cia Athletica de Campinas venceu hoje a tenista peruana Bianca Botto com parciais de 6/4 e 6/0, conquistando o direito de disputar a semifinal amanha com a vencedora da partida entre Roscio Galarza da Argentina e Daniela Trigo da Bolivia.


Com os resultados obtidos nas 3 etapas anteriores a Flavia esta ocupando a 3a. posicao no ranking sulamericano, publicado nesta quinta.

Flavia teve alguma dificuldade do primeiro set mas bem focada jogou um segundo set irrepreensivel e conseguindo a vitória com facilidade.

O tenista mato-grosense João Vitor Fernandes conquistou no fim da manhã desta quinta-feira, em Arequipa, no Peru, a presença em sua quarta semifinal seguida em quatro semanas após derrotar, pela categoria 14 anos, o chileno Ivan Conejero (7/6[7] e 6/1) em partida válida pelas quartas-de-final da quarta etapa do Circuito Cosat.

Cabeça-de-chave número 1 da competição peruana, Fernandes agora encara, por uma vaga à final, o argentino Bruno Mazziotti [4] que passou pelo compatriota Federico Coria, por 6/2 e 6/1 também nesta quinta-feira. A partida está programada para esta sexta no Clube Internacional de Arequipa, sede da etapa.

"Estou bem feliz com todos os bons resultados que estou tendo e espero fechar essa semana jogando bem. Acredito que tenho um jogo muito difícil amanhã (sexta-feira) e precisarei de muita concentração se quiser chegar a final" - analisou João Vitor que precisou de 3 sets para derrotar o argentino Mazziotti na semifinal da primeira etapa, em Valencia, na Venezuela. Em partida realizada no dia 13 de janeiro, Fernandes perdeu o primeiro set por 6/1 e depois virou a partida marcando 6/3 e 6/2 se classificando para a sua primeira final do ano.

O argentino Guido Pella está se tornando a pedra no sapado de Henrique Cunha durante o Circuito Cosat. Nesta quinta-feira, 2, em partida válida pelas quartas-de-final da categoria 16 anos da etapa disputada em Arequipa, no Peru, o tenista da equipe de competição Oncins Tennis (Petrobras/Lacoste) teve o jogo na mão, mas deixou as chances escaparem e perdeu por 3/6, 7/6(5) e 6/4.

“A verdade é que agora estou muito triste, decepcionado. Tive algumas chances para fechar a partida, não consegui e depois ele cresceu no jogo”, lamentou o jauense. Cunha venceu o primeiro set e, no segundo, sacou em 5/4. Ele teve um match-point em 40/30, salvo por Pella. Depois, teve outro na seqüência, ao fazer a vantagem, mas também desperdiçou e viu o oponente quebrar seu serviço. A partida continuou bastante disputada, mas o argentino acabou levando a melhor.

Há duas semanas, na Colômbia, o tenista da equipe Oncins Tennis, que fora campeão da etapa anterior do Cosat, na Venezuela, também foi eliminado por Pella, por 7/5 e 6/1, nas oitavas-de-final. Desta vez, Cunha novamente vinha de um título, no Equador, e uma série de nove jogos sem perder. Em quatro etapas, o brasileiro soma 17 vitórias e apenas duas derrotas, para o mesmo adversário.

Apesar da eliminação em simples, o jogador treinado pelos irmãos Oncins continua nas duplas, ao lado do companheiro de academia Pedro Zanotelli. Eles já venceram a primeira partida contra a parceria chilena de Jorge Montero e Victor Nuñez, por 6/1 e 7/6(6).

Fonte: Ruy Campos e Imprensa Tennis Press
banner
banner