X

Murray alfineta Djokovic e Federer quer manter sistema de ranking

Quinta, 14 de maio 2009 às 13:47:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas, direto de Madri

Roger Federer e Andy Murray destoaram do coro entoado por Rafael Nadal e Novak Djokovic e se disseram a favor de manter o sistema de ranking de entradas (que mede o desempenho dos tenistas nas últimas 52 semanas) como está.

"Não presto muita atenção em pontos e etc, mas acho que é justo e o deixaria como está", disse Federer que esteve por mais de 200 semanas no topo e acumula o recorde de semanas seguidas: "Temos um ranking de 365 dias e os melhores devem estar lá em cima. Sei que tivemos uma mudança no início desse ano que causou alguma controvérsia, mas pra mim não tem muito impacto o número 3 ou 4, mas Djokovic e Murray estão jogando muito bem e próximos e podem trocar de posição semana a semana."

Andy Murray concordou com Federer e aproveitou para alfinetar o sérvio Novak Djokovic que na segunda-feira perdeu a terceira posição para ele: "A classificação está assim há 37 anos . Quando Federer estava no topo não tinha pra ninguém e hoje ninguém pode questionar Nadal e se assim permenecer creio que os rankings devem seguir."

"A tabela mostra bem o que cada jogador fez nos últimos 12 meses e eu fui melhor que o Djokovic nos primeiros três meses do ano. O ranking vem sendo um problema somente para o Djokovic nas últimas semanas".
banner
banner